Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

segunda-feira, 30 de março de 2009

Mais dois videos emocionantes do Pila

Amigos Botafoguenses,

Hoje não venho falar da atuação do Botafogo no último sábado contra o Mogi Mirim. Não quero questionar se a equipe jogou bem ou não, se mereceu ou não perder....Hoje, venho aqui parabenizar a torcida panterina que mais uma vez demonstrou seu amor incondicional ao Tricolor.

Há muito tempo eu não via uma tempestade como aquela no dia do jogo ( A última vez foi pela série A2 de 2007 no Parque Antártica, Palmeiras-B 3x4 Botafogo ). Neste sábado, choveu de maneira incessante do primeiro ao último minuto de jogo e foi impressionante como os torcedores do Botafogo, mesmo embaixo deste temporal, não deixaram de apoiar a equipe em nenhum momento.

Devido à forte chuva, consegui filmar apenas 2 momentos do jogo e que eu gostaria de dividir com vocês. O primeiro, que segue anexo, foi gravado momentos antes da torcida voltar para assistir ao segundo-tempo do jogo. Enquanto nos protegíamos da tempestade, embaixo da arquibancada, durante o intervalo, a torcida resolveu se reunir para entoar uma música de apoio ao Botafogo. O jogo estava 1x0 para o adversário e iria começar a segunda etapa. Foi arrepiante. Parecia que era a torcida que estava entrando para um batalha. O som foi empolgante. A música vinha da alma de cada Botafoguense. A letra dizia: "...e ningém cala, este nosso amor, e é por isso que eu canto assim por ti FOGO !!!"

De repente, os torcedores se viram para a boca de acesso à arquibancada e começam o retorno para debaixo daquela tempestade para continuar seu apoio incondicional ao Botafogo.



O segundo vídeo foi uma tentativa de registrar o gol de empate ( 2x2 ).

Após tomar tanta chuva e o Mogi fazer 2x0, resolvi dar um tempo e me proteger um pouco embaixo da arquibancada.

Quando o Botafogo fez 1x2, a expectativa do empate era real. Então, resolvi em um único lance de escanteio, tentar gravar aquele que seria o gol de empate. Para gravar, fiquei na boca de acesso à arquibancada onde não chovia. O ângulo para ver o ataque do Botafogo era limitado, além de estar do outro lado do campo. Mas a fé era grande de que naquele lance de escanteio poderia surgir o gol de empate do Pantera.

Dito e feito. O escanteio foi batido. A confirmação do gol veio porque os jogadores começaram a comemorar o gol contra do goleiro. A emoção foi grande. Saí para comemorar como se estivesse saíndo de uma trincheira, mesmo embaixo da chuva e molhando a câmera.

Vejam a festa da torcida nem se importando com a chuva que caía. estava tudo encaminhado para mais um bom resultado do Botafogo. Porém, experimentamos o veneno que aplicamos no Paulista na última quarta-feira. Após chegarmos ao empate, perdemos no final do jogo.

Para mim, sinceramente não fiquei muito triste, pois torcer para o Botafogo é sempre uma forte emoção e participar desta torcida é um imenso prazer.

Abraços a todos.

Pila

3 comentários:

  1. Parabéns Dr. Pila, òtimas imagens, um registro que não poderia passar em branco, um momento que emocionou há todos.
    Nota 10, para o texto como vc, bem narra. É arrepiante a música vinha da alma de cada botafoguense, realmente aquéla hr parecia que nós iamos entrar para uma batalha, poxa muito legal mesmo. Obrigado pelas imagens, o texto então nem se fala ...Amor incondicional ao Botafogo.
    Abraço
    ...Amor incondicional ao Botafogo.

    abraçossss, E-DUARDO

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Dr. Pila, òtimas imagens, um registro que não poderia passar em branco, um momento que emocionou há todos.
    Nota 10, para o texto como vc, bem narra. É arrepiante a música vinha da alma de cada botafoguense, realmente aquéla hr parecia que nós iamos entrar para uma batalha, poxa muito legal mesmo. Obrigado pelas imagens, o texto então nem se fala ...Amor incondicional ao Botafogo.
    Abraçossss, E-duardo.

    ResponderExcluir
  3. Eu, como vc tb deve ser, amigo Pila, qdo a camisa do Fogão está no varal, torço fervorosamente contra o vento. Abraços panterinos.

    Anselmo Engrácia

    ResponderExcluir