Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

sexta-feira, 3 de abril de 2009

A torcida fez sua parte, a diretoria também, mas os jogadores queriam mai$

Mesmo com o horário desfavorável, com certeza mais de 7.000 torcedores estiveram presentes ontem no Estádio Santa Cruz. A promoção foi importante para atrair o público, mas a torcida se animou com a notícia que o risco de rebaixamento havia se estinguido e o jogo se tornou de festa para comemorar a manutenção do time na série A1, mas principalmente para garantir a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.

A diretoria do Botafogo deve ter pesado na balança os custos de mais 1 mês de contrato com os jogadores de 06/04 a 05/05, levando-se em conta um alta folha de pagamento e ainda premiações, e o que poderia vir de receitas para equilibrar essa conta. O prêmio para o vencedor do Interior é de R$250.000,00, valor menor do que a folha e mesmo com a perspectiva de uma boa receita na primeira semifinal ainda o risco seria grande de ter prejuizo.

Mas todos os compromissos salariais e premiações foram pagos em dia, a estrutura de alimentação, viagens, hotéis, concentrações, material de treinamento, alugueis, passagens... tudo do bom e do necessário foi feito para oferecer aos atletas tranquilidade para trabalhar e desempenhar o melhor futebol possível dentro das quatro linhas.

Mas no jogo contra a Ponte Preta, o Botafogo assim como contra o Noroeste (inclusive no placar) foi vencido dentro de seus dominios mesmo com uma boa presença do público que apoiava sem parar acreditando na vitória.

Roberto Fonseca, repetiu os erros de Arthur Neto, escalou Paulo Santos como titular e colocou em campo uma dupla de zaga formada por Everton Luiz e Julio Cesar, que já tinha se mostrado ineficiente e incompatível. E insistiu na teimosia de deixar o craque Fabinho no banco.

Bem lembrou meu amigo Rafael Terser, que Fabinho foi decisivo nas 5 vitórias do Botafogo, vejamos:
Botafogo 2x0 Guarani, passe para o 1º gol de Silvy e marcou o 2º gol.
Botafogo 3x2 Barueiri, dois cruzamentos para os gols de Julio César e Fernando.
Botafogo 2x1 São Caetano, voleio para marcar o 1º gol creditado a André Neles e sofreu a falta onde Alex Willians cruzou e Julio Cesar finalizou.
Mirassol 2x3 Botafogo, gol de empate com lindo chute de fora da área, e oportunismo para marcar o 2º gol.
Paulista 2x3 Botafogo, cruzamento na medida na cabeça de Audalio para o gol da vitória.

Ontem em 5 minutos o jogador mudou a partida, mas a incompetência dos outros jogadores prejudicou as chances do Botafogo na partida. Por que não colocar ele no 1º tempo e garantir a vitória?

A vaga na série D esta nas mãos do Botafogo, mesmo que perca, torce contra Ituano (x Marilia), Paulista (Barueri x) e Oeste (Guaratinguetá x), para que apenas 1 desses clubes vença sua partida. Na situação de empate contra o Palmeiras, apenas o Paulista passaria o Botafogo no saldo de gols, mas Oeste com menos vitórias e Ituano com saldo muito menor podem até ganhar mas não passam o Botafogo.
A série D é importantissima para garantia de calendário para o 2º semestre, promessa de mais midia, mais investimentos, mais receitas e parcerias. A série D é o primeiro passo rumo a Série C.

Caso vença, o Botafogo ainda pode beliscar uma vaga no G4 do Torneio do Interior, com uma combinação de jogos (vitoria do Santo André contra a Lusa, empate ou derrota do Santos para a Ponte Preta, derrota ou empate do São Caetano para o São Paulo, empate ou derrota do Bragantino para o Guarani) que abriria (para o 10º colocado) 1 vaga no Torneio do Interior com o Santo André estando no G4 das Finais.

É possível acreditar numa vitória contra o Palmeiras no domingo, pois a maioria dos jogadores, não estaram pensando em defender as cores da camisa do tricolor, mas sim seus interesses financeiros e profissionais que estarão em evidência num novo jogo contra um grande. Contra o Corinthians uma grande partida e prejudicados pela arbitragem, com o São Paulo em Santa Cruz idem, contra o Santos as expulsões são questionáveis mas se não fosse a falha de Paulo Musse que levou um gol de falta em camera lenta em um chute de Fabão, o pantera poderia ter conquistado o empate.
O jogo terá visibilidade da TV e das Ràdios de São Paulo, pois será o lider contra um caçula do interior, e mesmo sem bixo especial, os jogadores tentarão dar mostras de sua qualidade neste jogo. Espero que demonstrem ter qualidade para jogar coletivamente e não individualmente apenas.

Estive presente em Jundiai e posso dizer, aquele jogo foi decisivo para não cairmos, foi um jogo de seis pontos, valendo vaga na Série D e contra o rebaixamento.

Ufaaaa! O pantera se salvou pela incompentência dos adversários, e mesmo tendo perdido 5 partidas em seus domínios, conseguiu escapar.

Fabinho merece faixa de herói da manutenção e a grande maioria dos jogadores apenas um muito obrigado e sucesso, mas fora de Santa Cruz daqui para frente.

Um comentário:

  1. Parabéns pelas explanações, esperamos que agora o segundo semestre seja uma opção a mais de felicidade para a torcida do BOTAFOGO, abraços

    ResponderExcluir