Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

terça-feira, 12 de maio de 2009

Torcida organizada Fiel Força Tricolor assume poliesportivo do Botafogo



Torcida organizada assume poli do Bota

Desde a semana passada, o poliesportivo do Botafogo está sob nova direção. A torcida organizada Fiel Força Tricolor assumiu a administração do clube após ter sido indicada pelo Conselho Deliberativo do Botafogo.

O contrato, com cinco anos de duração, será assinado no retorno do presidente Virgílio Pires Martins, que está no Japão. Pelo acordo de arrendamento, a torcida organizada será responsável pela gestão do clube da Vila Tibério, arcando com as despesas do dia a dia e salários de funcionários. “Fomos procurados pelo Botafogo e nos pediram um projeto para o clube.

Fomos escolhidos, em detrimento de outras propostas, pois no entender do clube preferiu-se arrendar para a torcida porque de forma direta ou indireta, os lucros serão voltados para a comunidade botafoguense”, disse André Trindade, presidente da FFT e agora do poliesportivo. Segundo ele, o poliesporitivo será gerido nos moldes da sede da torcida, também localizada na Vila Tibério, e que foi cedida pelo clube aos torcedores em troca da manutenção do prédio.
Porém, no poliesportivo, os lucros deverão ser repassados (10%) para investimentos no clube e o restante poderá ser aplicado de livre iniciativa dos torcedores.

“O que não ficar no clube, poderá ser usado na sede. De alguma forma ou de outra, as receitas terão como objetivo o Botafogo”, explica Trindade, demonstrando otimismo na busca por novos sócios e parceiros. “Temos alguns projetos iniciais para o poli, e trabalharemos com a comunidade do bairro, escolas e parcerias com empresas, como uma cervejaria por exemplo”, disse Trindade.

A primeira ação prometida pelos torcedores será a revitalização do local.

“Vamos pintar toda parte externa e interna, mudar o paisagismo e investir na piscina, trocando a casa de máquinas e reformando os banheiros. O poli está bem conservado, mas ultrapassado”, explicou.

A administração do poli será acompanhada pelo Conselho Fiscal do Botafogo. “Queremos atrair gente para conhecer o poli.

Só assim conseguiremos aumentar o número de sócios e transformá-lo em algo viável. Hoje, o que entra de receita vai para o estádio e o clube não consegue sobreviver. Pelo acordo, as receitas ficarão aqui. Contaremos com um trabalho de voluntários, assim como ocorre na sede da torcida. Deu certo lá, pois houve comprometimento. Acreditamos que também será assim aqui”, disse.

Meta é ter 500 sócios

Com apenas 142 sócios contribuintes em dia, a receita do poli é baixa. A meta dos novos administradores e ter 500 sócios até o final do ano. “Assumimos o clube às vésperas do frio. Vamos prepará-lo para quando chegar ao final do ano, termos condições de receber muitos sócios”, disse Trindade, que espera o apoio dos integrantes da torcida. “Trabalhamos com um público de 300 pessoas. Vamos criar metas diárias para buscar sócios, como se faz em uma empresa”, emendou.

CURTAS DO PANTERA

O título patrimonial contribuinte do clube, custa
R$ 600. Uma campanha de marketing está sendo elaborada para atrair novos sócios.

Informações sobre novos títulos e para ex-associados pelo telefone 0800-942-8000 ou 3630-3003.


Fonte: http://www.jornalacidade.com.br/noticias/80502/torcida-organizada-assume-poli-do-bota.html

2 comentários:

  1. QUANDO O MARKETING DO BOTAFOGO VAI APRENDER QUE O QUE DA DINHEIRO NO FUTEBOL É UM BOM ELENCO, E QUE ELENCO NÃO É SO JOGADOR, MAIS SIM TECNICO TAMBEM, CACETE É SO SOFRIMENTO, COMO VOCES QUEREM QU DE RENDA, VENDA DE CAMISA, DE PUBLICIDADE, VAI A cata coquinho

    ResponderExcluir
  2. VAMOS MEXER FFT VAMOS DETONAR OS CARA NO SANTÃO ESSE TIME É MEDILCRE FORA FONSECA VAMOS DAR UMA SURRA NOS CARA LÁ NO SANTÃO

    ResponderExcluir