Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

terça-feira, 30 de março de 2010

Ainda sonhando, Botafogo encara semana decisiva no Paulistão

- Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 30 (AFI) - O Botafogo terá uma semana cheia de treinamentos para uma partida importante no próximo domingo, na capital paulista. O jogo contra o São Paulo, no Estádio do Morumbi, ganhou aspecto decisivo por causa da combinação de resultados da última rodada. Se vencer, o Botafogo ultrapassa o Tricolor paulista e vê mais perto as chances de se classificar às semifinais do Paulistão, ainda faltando uma rodada para o término da primeira fase.

Veja também:
BOMBA! CBF admite abandonar organização do Brasileirão
Nesta terça-feira, os jogadores retornam aos trabalhos iniciando preparação para o confronto do final de semana. Sem poder contar com o zagueiro Cleiton e o atacante William, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, o técnico José Galli Neto começará a projetar mudanças na equipe panterina. Walter e Freire disputam uma vaga na defesa e André Neles, no ataque, deve assumir a camisa nove.

Mesmo já garantido na Série D do Campeonato Brasileiro – principal objetivo do clube no Paulistão – e com vaga assegurada nas semifinais do Interior, o Botafogo ainda lutará até os últimos instantes possíveis para tentar chegar ao G4.

“Sabemos que é difícil, mas não impossível. Em 2001, era mais difícil ainda e o Botafogo por uma combinação de resultados conseguiu a classificação com duas vitórias nas duas últimas rodadas”, lembrou Galli Neto.

O atacante André Neles, autor de dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o Sertãozinho na última rodada, ressalta que o grupo esteve sempre focado no G4, pois sabia que tinha condições de chegar.

“Provamos ao longo do campeonato que temos futebol para estar entre os quatro. Por bobeira, perdemos jogos que tínhamos como ganhar, como lá em Jundiaí. Agora, precisamos, ao menos, fazer a nossa parte e vencer os dois jogos que restam”, exclamou Neles, que anotou cinco gols na competição, sendo o artilheiro do Botafogo.

Para alcançar o G4, o Botafogo tem de vencer os dois jogos (São Paulo e Monte Azul) e torcer por tropeços de pelo menos dois times entre Grêmio Prudente, Portuguesa e Corinthians. O Prudente enfrenta Bragantino (fora) e São Caetano (casa). A Portuguesa pega o Rio Branco (fora) e o Ituano (casa). O Corinthians joga contra Ituano (fora) e Rio Claro (casa).

RANKING GERAL DE PÚBLICO E RENDA



Sem os grandes:

segunda-feira, 29 de março de 2010

Melhores Momentos EPTV

Baixe o Adobe Flash Player

Narração dos Gols de Botafogo 3x1 Sertãozinho

Torcedor Ouça pela Internet a narração de Wilson Rocha (Rádio Eldorado ESPN - 1330AM) dos 3 gols do Botafogo no jogo deste domingo 28/03.



1º Gol - Botafogo 1x0 Sertãozinho - Ademir Sopa


2º Gol - Botafogo 2x1 Sertãozinho - Andre Neles


3º Gol - Botafogo 3x1 Sertãozinho - Andre Neles



Passaporte carimbado: Tricolor rebaixa Sertãozinho e garante vaga para a Série D do Brasileiro

Em jogo emocionante, André Neles sai do banco de reservas, marca duas vezes, e ajuda a levar o time a oitava vitória no Paulistão

O clima esquentou nos bastidores do estádio Santa Cruz antes mesmo da partida começar entre Botafogo e Sertãozinho. Os jogadores do Touro não deram bola ao pedido feito pela diretoria do Pantera e realizaram aquecimento dentro das quatro linhas. O serviço de som do estádio anunciou por várias vezes que essa atitude não era permitida e mesmo assim o aquecimento continuou, e quando os jogadores voltaram aos vestiários alguns chegaram a discutir com o diretor Rogério Barizza com ofensas partindo dos dois lados.

Dentro de campo o Botafogo vinha com a mesma equipe que havia iniciado o jogo contra o Santos na última quinta-feira, enquanto que o Sertãozinho tinha desfalques importantes. O lateral Ricardo Lopes foi vetado pelo departamento médico e o zagueiro Erivélton foi afastado por decisão do técnico Paulo Comelli.

Não demorou muito para o Tricolor mostrar sua superioridade e em uma de suas primeiras chegas ao ataque acabou chegando ao gol. Adriano fez linda jogada cortando duas vezes a marcação e depois sendo derrubado na grande área pelo zagueiro Rodrigo. Pênalti assinalado pelo árbitro Sálvio Spinola Fagundes Filho. Aos 11 minutos Ademir Sopa bateu com a perna canhota e colocou o Tricolor na frente no placar.

O gol deixou o Botafogo acomodado e o time chegava no ataque, mas não conseguia definir as jogadas. Em um desses lances o lateral Andrezinho recebeu bom passe e invadiu a grande área ficando cara-a-cara com o goleiro Gilberto e na sequência rolou para Willian que estava na marca do pênalti e acabou mandando por cima para o desespero da torcida.

Aos poucos o Sertãozinho começava a gostar do jogo e partia nos contra-ataques e jogava no erro do Botafogo. A pressão do time visitante começava a ficar mais forte e depois que Willian perdeu uma bola na intermediária e quase o Tricolor tomar o gol de empate, o volante Rodrigo Pontes partiu para cima do camisa 9 do Bota cobrando mais empenho. A cobrança não ficou apenas nas palavras e o volante chegou a peitar o atacante e os dois tiveram que ser separados pelos companheiros. Instável no gramado, o Botafogo cedia espaço ao Sertãozinho e tomou o castigo quando Cleiton derrubou Mendes na área e outro pênalti foi marcado. O próprio Mendes foi para cobrança e com paradinha não desperdiçou.

O nervosismo voltava a atrapalhar o Pantera que acabou perdendo o volante Ademir Sopa sentindo dores na coxa. No último lance do primeiro tempo o atacante Mendes acertou o travessão do gol de Wéverton após chute forte dado de fora da grande área.

“Nós recuamos muito depois que fizemos o gol e chamamos o Sertãozinho para cima”, afirmou o lateral Andrezinho. Precisando vencer de qualquer maneira, o técnico José Galli Neto voltou do intervalo promovendo duas substituições. Ademir Sopa, lesionado, deu lugar ao meia Xuxa, enquanto que o nada inspirado Willian saiu para entrar o também atacante André Neles. “Temos que impor o nosso ritmo de jogo para voltar a mandar no jogo”, disparou Neles.

O jogo no segundo tempo foi outro e o Botafogo voltou melhor. A pressão foi feita desde os primeiros minutos e a melhor chance surgiu dos pés de Rodrigo Pontes que perdeu gol em cima da linha após toque de cabeça de Leandro Amaro.

O lance que mais gerou confusão no jogo veio aos 17 minutos, Rodrigo derrubou Adriano dentro da área de novo e o árbitro Sálvio Spínola Fagundes Filho mandou o atacante do Bota se levantar e se preparava para aplicar o cartão amarelo no jogador, só que antes o auxiliar Daniel Paulo Ziolli que dois dias antes tinha anulado corretamente um gol do Botafogo contra o Santos percebeu a infração e alertou o árbitro sobre a penalidade. Rodrigo foi expulso e os jogadores do Sertãozinho não se confirmavam. Rafael Mineiro foi expulso, mas o árbitro que pertence ao quadro da FIFA simplesmente não percebeu que o jogador permaneceu em campo e o lateral do Touro continuou em campo normalmente.

Nem um pouco preocupado com a polêmica, André Neles se concentrava com a bola nas mãos e chamou a responsabilidade. Um instante de silêncio no Santa Cruz e pouco tempo depois vem a explosão de alegria com o segundo gol do Pantera.

Depois do gol o Botafogo administrou o resultado e aproveitou a superioridade numérica que tinha em campo. Aos 45 minutos, André Neles aproveitou sobra do atacante Malaquias que entrou no segundo tempo e fuzilou no cantinho do gol de Gilberto. Esse foi o quinto gol de André Neles no Paulistão que agora assume a artilharia do time no torneio. “Eu quero marcar pelo menos mais uns cinco gols até o fim do torneio e eu quero desejar essa vitória ao meu pai que faleceu essa semana.”

E André Neles terá a chance de cumprir a promessa de gols já na próxima rodada, já que Willian recebeu o terceiro cartão amarelo e não poderá atuar. Outro desfalque será o zagueiro Cleiton pelo mesmo motivo. Com a vitória o Tricolor foi a 28 pontos e ocupa a sétima colocação. Com essa pontuação o time já garantiu, restando duas rodadas para o fim da primeira fase, a tão sonhada vaga no Campeonato Brasileiro da Série D e também pelo menos no Troféu do Interior, já que o Bota ainda pode chegar no G4, mas tem que vencer os dois últimos jogos contra São Paulo e Monte Azul e torcer por tropeços de Portuguesa e Corinthians.

Por Luís Augusto

Botafogo 3x1 Sertãozinho - Gols gravados na Arquibancada

Videos gravados pela Debora Passos a mais nova cinegrafista de arquibancada do nosso Fogão!

Valeu Deborá!





domingo, 28 de março de 2010

Pantera vence e continua com chances de G4



É Tricolor! Bota vence, garante vaga na Série D e no Interior e segue na briga pelo G4

O Botafogo conquistou dois grandes objetivos na noite deste domingo. A equipe venceu o Sertãozinho por 3 a 1 em Santa Cruz e garantiu matematicamente sua vaga na Série D do Campeonato Brasileiro e na disputa das semifinais do Interior. Além disso, o Tricolor continua na briga por uma das vagas nas semifinais do Paulistão. Ademir Sopa e André Neles, duas vezes, marcaram os gols botafoguenses da partida.


O resultado deixou o time na 7ª posição da competição, a dois pontos do São Paulo, 4º colocado, justamente o próximo adversário do Botafogo, no próximo domingo (4), no Morumbi, às 16h00. Para esse compromisso, o técnico José Galli Neto perdeu dois jogadores por suspensão: o zagueiro Cleiton e o atacante William. Faltam duas rodadas para o término da primeira fase.



O jogo também marcou o rebaixamento definitivo do Sertãozinho para a Série A-2 de 2010. Com 11 pontos e duas vitórias, a equipe não alcança mais o primeiro time fora da zona, o Paulista, que tem 17 pontos e cinco vitórias.



O jogo



Pelos dez primeiros minutos de jogo, parecia que a partida seria sem emoções, mas Adriano tratou de mudar a história. O atacante foi lançado e depois de ótima jogada individual com dois dribles curtos, sofreu pênalti. Ademir Sopa bateu com perfeição e marcou seu quarto gol no Paulistão, abrindo o placar.



O gol, porém, fez com que o Sertãozinho se aventurasse mais a ataque. Em seguida, o Touro investiu em Thiago Silvy e Mendes. A dupla deu um certo trabalho à defesa tricolor. Tanto que aos 35 minutos, Mendes foi derrubado na área, segundo o árbitro. Em lance duvidoso, Salvio Spinola Fagundes Filho marcou outra penalidade. O próprio Mendes bateu e empatou o jogo.



Na segunda etapa, o técnico do Botafogo fez duas mudanças logo no reinício. André Neles entrou no lugar de William e Ademir Sopa, lesionado, saiu para Xuxa jogar. As mexidas surtiram efeito e o Botafogo foi mais agressivo. André Neles teve duas grandes chances de marcar, depois de lindo lance individual, mas a bola passou perto da trave.



O Sertãozinho, na segunda etapa, sumiu em campo. Não deu trabalho. O adversário foi ineficaz na marcação e deu espaço para João Henrique e Xuxa articularem ótimas jogadas. Em uma delas, Adriano foi lançado e derrubado na área. Outro pênalti. Desta vez, André Neles bateu e fez mais um para o Pantera. O zagueiro Rodrigo, do Touro, foi expulso na jogada.



Com um a menos, os visitantes ainda viram André Neles marcar o terceiro gol após rebatida na área grená e fechar o placar em Santa Cruz.



Botafogo 3 x 1 Sertãozinho

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto

Público: 2.144 pagantes

Renda: R$ 40.351,00

Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho

Cartões amarelos: Pablo, Rodrigo, Alex Maranhão, Everton (Sertãozinho); Willian, João Henrique, Cleiton, Malaquias (Botafogo)

Cartão vermelho: Rodrigo (Sertãozinho)

Gols: Ademir Sopa, aos 11/1T, André Neles, aos 18/2T e 45/2T (Botafogo); Mendes, aos 36/1T (Sertãozinho)

Botafogo: Wéverton; Jonas, Cleiton, Leandro Amaro e Andrezinho; Augusto Recife, Rodrigo Pontes, Ademir Sopa (Xuxa) e João Henrique; Willian (André Neles) e Adriano (Malaquias). Técnico: José Galli Neto

Sertãozinho: Gilberto; Rafael Mineiro, Pablo, Rodrigo e João Paulo; Éverton, Alex Maranhão (Fred), Marcus Vinícius e Rodriguinho; Thiago Silvy (Léo Mineiro) e Mendes. Técnico: Paulo Comelli


Foto cedida: Fernando Calzzani


Rafael Martinez
Assessor de Imprensa





sábado, 27 de março de 2010

4 OBJETIVOS EM UM JOGO!

Pela Série D e pelo Interior, Botafogo joga “final” contra o Sertãozinho em Santa Cruz

O clima é de uma verdadeira decisão para os jogadores do Botafogo que já estão concentrados para o duelo deste domingo, às 18h30, contra o Sertãozinho em Santa Cruz. Uma vitória nessa antepenúltima rodada do Paulistão garante matematicamente o time na Série D do Campeonato Brasileiro, vaga tão almejada pelo clube e principal objetivo antes do início da competição. Além disso, os três pontos praticamente colocam o Botafogo entre os semifinalistas do Interior do Estado.

Na manhã deste sábado, o elenco encerrou preparação para o jogo com um treinamento recreativo realizado no palco do jogo. “Não tivemos tempo para treinar, pois o jogo do Santos foi na quinta-feira. O importante agora é descansar bem e se concentrar para esse jogo que é extremamente importante para o clube”, disse o técnico José Galli Neto. O Botafogo entrou em regime de concentração já na sexta-feira após a reapresentação do elenco, um dia depois da derrota para o Santos.



Sobre o time titular, o treinador do Botafogo diz que vai fazer mudanças e pode surpreender com a escalação de três atacantes. “O Adriano foi bem na partida contra o Santos e está mantido, a nossa referência também manteremos, mas o Malaquias pode entrar jogando também para termos mais força e velocidade na frente”, afirmou.



Sem desfalques, Galli prevê uma partida duríssima contra um adversário que também jogará uma decisão na luta contra o rebaixamento. “Se pra nós vale a vaga na Sèrie D, pra eles vale a luta para escapar do rebaixamento. Sabemos disso e vamos ter a mesma gana pelos três pontos”, comentou o técnico botafoguense.



Botafogo x Sertãozinho

Local: Estádio Santa Cruz

Data: 28/03/2010, às 18h30

Árbitro: Salvio Spinola FagundesFilho

Assistentes: Maria Eliza Correa Barbosa e Daniel Paulo Ziolli

Botafogo: Weverton; Jonas, Cleiton, Leandro Amaro e Andrezinho; Rodrigo Pontes, Augusto Recife, Ademir Sopa e João Henrique; William e Adriano. Técnico: José Galli Neto



Rafael Martinez

Assessor de Imprensa

sexta-feira, 26 de março de 2010

Evolução rodada a rodada

RANKING DE PÚBLICO E RENDA NO PAULISTÃO

CLASSIFICAÇÃO E MELHORES MOMENTOS



Melhores Momentos



MATEMATICA DA CLASSIFICAÇÃO:
17ª RODADA
27/03 - 18:30 São Caetano x Ponte Preta - EMPATE OU SAO CAETANO
28/03 - 16:00 Corinthians x São Paulo - EMPATE
28/03 - 18:30 Botafogo x Sertãozinho - VITORIA DO BOTAFOGO
28/03 - 18:30 Portuguesa x Grêmio Prudente - EMPATE

RODADA:
3º SÃO PAULO 31
4º LUSA 29
5º PRUDENTE 29
6º BOTAFOGO 28
7º CORINTHIANS 27
8º PONTE 26

18ª RODADA
03/04 - 16:00 Rio Branco x Portuguesa - EMPATE
04/04 - 16:00 São Paulo x Botafogo - BOTAFOGO
04/04 - 16:00 Ituano x Corinthians - CORINTHIANS
04/04 - 18:30 Bragantino x Grêmio Prudente - EMPATE
04/04 - 18:30 Ponte Preta x Mirassol - PONTE

RODADA:
3º BOTAFOGO 31
4º SÃO PAULO 31
5º LUSA 30
6º PRUDENTE 30
7º CORINTHIANS 30
8º PONTE 29

19ª RODADA
07/04 - 21:50 Corinthians x Rio Claro - CORINTHIANS
07/04 - 21:50 Botafogo x Monte Azul - BOTAFOGO
07/04 - 21:50 Santo André x São Paulo - SÃO PAULO
07/04 - 21:50 Mogi Mirim x Ponte Preta - PONTE
07/04 - 21:50 Grêmio Prudente x São Caetano - PRUDENTE
07/04 - 21:50 Portuguesa x Ituano - LUSA

RODADA:
3º BOTAFOGO 34
4º SÃO PAULO 34
5º LUSA 33
6º PRUDENTE 33
7º CORINTHIANS 33
8º PONTE 32

Botafogo luta, mas perde do Santos

O time do Botafogo mostrou que não fez uma boa campanha até aqui no Paulistão à toa. Na noite desta quinta-feira (25), a equipe dirigida por José Galli Neto perdeu para o Santos por 4 a 2 em Santa Cruz, mas mostrou um futebol de gente grande em uma partida equilibrada tecnicamente. Depois de estar perdendo em duas oportunidades, a equipe buscou o empate a acabou sofrendo mais dois gols na segunda etapa, saindo derrotada de campo.

O resultado deixou a equipe na 7ª posição da competição com 25 pontos ganhos, três a menos que a Portuguesa, 4ª colocada. O sonho de se classificar para as semifinais não acabou, mas a missão é praticamente impossível. A equipe tem de vencer os três jogos restantes e ainda torcer por resultados das equipes que estão à frente na classificação. A briga, agora, passa a ser pela classificação entre os melhores do interior.

“Nós estamos a um passo de alcançar essa vaga e a da Série D também. Vamos em busca disso nessas três últimas rodadas com a mesma disposição de sempre”, comentou Galli Neto. “Hoje realizamos um jogo de ótimo nível técnico. Os jogadores foram guerreiros e demonstraram futebol de time grande”, complementou o treinador panterino.

O jogo

Seis gols e muita emoção podem resumir o que foi a partida entre Santos e Botafogo nesta quinta-feira pela 16ª rodada do Campeonato Paulista. Na primeira etapa, muitas chances, mas dois gols apenas que saíram na parte derradeira. Aos 41 minutos, Paulo Henrique Ganso chutou rasteiro da entrada da grande área para abrir o placar do jogo. Aos 45, Adriano foi derrubado na área do Santos sofrendo penalidade máxima. Ademir Sopa bateu e empatou o jogo.

A emoção maior veio na segunda etapa. Aos 11 minutos Marquinhos voltou a marcar para o Santos. Dois minutos depois, Adriano aproveitou cruzamento preciso de Jonas e de cabeça empatou novamente a partida. A torcida do Pantera se empolgou, mas o Santos estava mais vivo do que nunca.

Aos 17 minutos, Marquinhos, novamente, desta vez de cabeça, voltou a colocar o Santos em vantagem no marcador. Depois de falta cobrada na área, o meia apenas escorou para o gol defendido por Weverton. O Botafogo, a partir daí, pressionou em busca do terceiro gol. O técnico Galli colocou em campo André Neles e Malaquias para dar novo gás ao ataque, mas o Santos soube se defender.

No final, em rápido contra-ataque e jogada individual de Zé Eduardo, o atacante que entrou no lugar de André fechou o placar em um lindo gol em Santa Cruz.

Botafogo 2 x 4 Santos
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, SP
Público: 11.171 pagantes.
Renda: R$ 443.690,00.
Árbitro: Edson Reis Pavani Júnior
Cartões Amarelos: Rodrigo Pontes, Cleiton, Adriano, Jonas, Augusto Recife e João Henrique (Botafogo); Rodrigo Mancha e Edu Dracena (Santos)
Gols: Ademir Sopa aos 45/1T e Adriano aos 13/2T (Botafogo); Paulo Henrique aos 41/1T, Marquinhos aos 11/2T e 17/2T e Zé Eduardo aos 44/2T.
Botafogo: Weverton; Jonas, Cleiton, Leandro Amaro e Andrezinho; Augusto Recife, Rodrigo Pontes, Ademir Sopa e João Henrique (Xuxa); William (André Neles) e Adriano (Malaquias). Técnico: José Galli Neto
Santos: Felipe; George Lucas (Roberto Brum), Durval, Edu Dracena e Pará; Rodrigo Mancha, Arouca, Marquinhos (Rodriguinho) e Paulo Henrique; Madson (Zé Eduardo) e André. Técnico: Dorival Júnior

quinta-feira, 25 de março de 2010

BOTAFOGO X SANTOS

Ficha Técnica
Campeonato Paulista 2010 – 16ª Rodada
25/03 – 21 horas
Estádio Santa Cruz

BOTAFOGO
Wéverton; Jonas, Cleiton, Leandro Amaro, Andrezinho; Rodrigo Pontes, Augusto Recife, Ademir Sopa, João Henrique; Willian e Adriano.
Técnico: José Galli Neto

Santos
Felipe; Roberto Brum, Edu Dracena, Durval e Pará; Rodrigo Mancha, Arouca, Marquinhos, Paulo Henrique Ganso; Madson e André.
Técnico: Dorival Júnior

Árbitro: Edson Reis Pavani Junior
Auxiliares: Maria Eliza Correia Barbosa e Daniel Paulo Ziolli



Confira matéria sobre o jogo do Reporter Luis Augusto


Botafogo quer mostrar que ainda está vivo na briga pelo G4, mas como parar os Meninos da Vila?

Hoje, a partir das 21 horas, o Botafogo terá algumas missões para cumprir em campo. A primeira delas é provar ao torcedor que o time tem condições de chegar a uma semifinal de Paulistão e apagar a má impressão deixada após a derrota para o frágil Paulista, em Jundiaí. A outra missão, essa mais ingrata, é tentar segurar a força dos Meninos da Vila, que vem de uma imponente goleada de 9 a 1 para cima do Ituano, mesmo sem contar com os adeptos das pedaladas: Robinho e Neymar.

Quando entrarem em campo os times colocarão duas propostas de jogo bem diferentes. O Tricolor adota um esquema tático de marcação forte e saída nos contra-ataques, enquanto que o Peixe gosta de um futebol leve e o espetáculo é conseqüência. Não é à toa que o Santos tem o melhor ataque do Paulistão com 45 gols e o Botafogo possui a terceira melhor defesa com apenas 14 gols sofridos, só perdendo para Corinthians e São Paulo que tomaram 13 gols cada.

Um dos jogadores mais experientes do setor defensivo do Tricolor, o zagueiro Cleiton sabe que a missão contra a garotada santista é complicada, mas não impossível. “Nós perdemos para o lanterna, por que agora não podemos ganhar do líder. Futebol é um jogo e as coisas se resolvem dentro de campo com os jogadores.” O Pantera não fala abertamente, mas alguns tem o receio no clube de que a arbitragem possa “proteger” os jovens santistas. “A gente vê vários times reclamando disso, até o Mano Menezes também falou que não pode encostar no time deles que já marcam falta, mas a gente não pode mudar o nosso estilo que é marcar forte e não dar espaço”, disparou Cleiton.

Ninguém confirma se algum jogador do Santos terá uma marcação especial, mas o setor defensivo ficará mais protegido com a volta de dois titulares que estavam suspensos na última rodada. Jonas reassume posição na lateral-direita, enquanto que Rodrigo Pontes retorna para comandar o time do meio de campo. A única dúvida do técnico José Galli Neto está no ataque. Malaquias está fora do time há quatro rodadas pois vinha se recuperando de contusão na coxa e no início da semana, já liberado para treinar, o jogador voltou a sentir um incômodo na região da contusão e foi poupado de alguns treinos. “Eu fui avisado pelo departamento médico e ele vai ser reavaliado mais uma vez. Contamos com o Malaquias, mas se ele não jogar o Adriano já está preparado para entrar”, revelou o técnico Galli.

Malaquias foi reavaliado pelo fisioterapeuta Alexandre Collucci e veio a boa notícia. “Da minha parte o jogador está liberado, agora é o Luiz Fernando (preparador físico) e o Galli que vão avaliar as condições físicas do Malaquias para saber se ele suporta um jogo inteiro.” A tendência é que o atacante seja aproveitado no banco de reservas e Adriano comece o jogo como titular. Ricardinho que vinha sendo titular do time no ataque ao lado de Willian foi bastante criticado e perdeu espaço.

Se a única dúvida do Bota está no ataque, este é o setor que mais vem dando alegria ao torcedor do alvinegro praiano.Em 19 jogos por Campeonato Paulista e Copa do Brasil, a equipe já balançou as redes adversárias 60 vezes, tendo assim uma média de 3,21 gols por partida. Em 1963, ano em que o Peixe conquistou o bi da Libertadores e do Mundial, no mesmo número de jogos foram marcados 67 gols, portanto uma média de 3,52. Outro dado também chama a atenção. Este time do Santos é o 11º que mais marcou se considerarmos o número de gols marcados nas primeiras 19 partidas do ano, segundo levantamento realizado no Centro de Memória e Estatística do Santos. O melhor é o de 1927, que balançou as redes 119 vezes. O segundo é o de 29, com 78 gols, seguido pelos de 62 (campeão da Libertadores, Mundial, da Taça Brasil e Paulista) e 61 (campeão da Taça Brasil e Paulista), ambos com 77.

Números que deixam o torcedor adversário preocupado, mas esse ataque poderoso não terá força máxima contra o Pantera. As duas maiores estrelas do time não estarão em campo em Ribeirão. Robinho não apareceu no campo nos últimos treinos do Santos no CT Rei Pelé. Segundo informações que chegam da Baixada Santista, o atacante continua fazendo tratamento médico para se recuperar da tendinite no músculo adutor da coxa esquerda e está fora do jogo contra o Botafogo. Já o garoto Neymar cumpre suspensão nesta rodada após pegar dois jogos de gancho no Tribunal de Justiça Desportiva. O Santos tinha a intenção de entrar com um recurso pedindo um efeito suspensivo no TJD para tentar liberar Neymar para a partida, mas não seguiu em frente. O garoto foi expulso contra o Palmeiras, cumpriu a automática contra o Ituano e, como foi punido com dois jogos de suspensão no julgamento da última segunda, terá que ficar fora também diante do Botafogo.Quem também é desfalque certo é o polivalente Wesley que foi expulso no final do massacre contra o Ituano.

Mas nem tudo são flores nas praias santistas. Giovanni não apareceu para treinar no começo da semana e demonstra insatisfação por não estar jogando e o experiente teria já pedido para encerrar seu novo compromisso com o Peixe. A diretoria do Leão do Mar nega essa possibilidade e afirma que Giovanni está se recuperando de gripe que pegou durante a viagem aos Estados Unidos, onde o Santos realizou um amistoso no último fim de semana.

Por Luís Augusto

CLASSIFICAÇÃO PRÉ JOGO BOTAFOGO X SANTOS



terça-feira, 23 de março de 2010

REGULAMENTO DO SUB15 E SUB17 DIVULGADO

O Departamento de Competições da FPF divulga fórmula dos campeonatos Sub 15 e Sub 17, com 10 grupos e 78 associações. O início está marcado para o dia 10/4 e o término dia 27/11. O prazo de inscrições para a primeira rodada vai até o dia 31/3.





FÓRMULA DE CAMPEONATO:

PRIMEIRA FASE – 14 DATAS
AS ASSOCIAÇÕES FORMARÃO 10 (DEZ) GRUPOS, SENDO 02 (DOIS) COM 07 (SETE) E 08 (OITO)
COM 08 (OITO) ASSOCIAÇÕES, REGIONALIZADOS E JOGARÃO ENTRE SI, TURNO E RETURNO,
CLASSIFICANDO-SE PARA A SEGUNDA FASE AS 03 (TRÊS) MELHORES COLOCADAS DE CADA
GRUPO E AS 02 (DUAS) MELHORES QUARTAS COLOCADAS.

SEGUNDA FASE – 06 DATAS
AS 32 (TRINTA E DUAS) ASSOCIAÇÕES FORMARÃO 08 (OITO) GRUPOS DE 04 (QUATRO) E
JOGARÃO ENTRE SI, TURNO E RETURNO, CLASSIFICANDO-SE PARA A TERCEIRA FASE AS DUAS
MELHORES COLOCADAS DE CADA GRUPO.

TERCEIRA FASE – 06 DATAS
AS 16 (DEZESSEIS) ASSOCIAÇÕES FORMARÃO 04 (QUATRO) GRUPOS DE 04 (QUATRO) E
JOGARÃO ENTRE SI, TURNO E RETURNO, CLASSIFICANDO-SE PARA A QUARTA FASE AS DUAS
MELHORES COLOCADAS DE CADA GRUPO.

QUARTA FASE – 02 DATAS
AS 08 (OITO) ASSOCIAÇÕES FORMARÃO 04 (QUATRO) GRUPOS DE 02 (DUAS) ASSOCIAÇÕES E
JOGARÃO ENTRE SI, TURNO E RETURNO, CLASSIFICANDO-SE PARA A QUINTA FASE A MELHOR
COLOCADA DE CADA GRUPO.

QUINTA FASE – 02 DATAS (SEMI-FINAL)
AS 04 (QUATRO) ASSOCIAÇÕES FORMARÃO 02 (DOIS) GRUPOS DE 02 (DUAS) ASSOCIAÇÕES E
JOGARÃO ENTRE SI, TURNO E RETURNO, CLASSIFICANDO-SE PARA A SEXTA FASE A MELHOR
COLOCADA DE CADA GRUPO.

SEXTA FASE– 02 DATAS (FINAL)
AS 02 (DUAS) ASSOCIAÇÕES JOGARÃO ENTRE SI, TURNO E RETURNO, SAGRANDO-SE CAMPEÃ A
MELHOR COLOCADA POR PONTOS GANHOS NESTA FASE.

PERÍODO DE 10/04/2010 ATÉ 27/11/2010 – 32 datas – Utilizando Sábados

segunda-feira, 22 de março de 2010

Números da 15ª Rodada



Gol do Paulista foi irregular

Baixe o Adobe Flash Player

No lance do gol do Paulista no momento da queda o jogador cai sobre a bola e com o braço toca a bola para o atacante que fez o gol.

Infelizmente Weverton não segurou e Andrezinho não acompanhou a jogada e depois ficou tarde para tirar a bola.

BOTAFOGO PIPOCA E PERDE PARA O LANTERNA

Paulista 1 x 0 Botafogo - Quebrada série de 7 derrotas seguidas

Jundiaí, SP, 21 (AFI) – O Paulista quebrou uma série de sete derrotas consecutivas ao vencer o Botafogo, por 1 a 0, neste domingo à noite, no Estádio Jayme Cintra, pela 15.ª rodada do Campeonato Paulista.

Apesar deste resultado, o time jundiaiense continua em situação complicada, dentro da zona do rebaixamento, com apenas 11 pontos, em 18.º lugar. O Botafogo, que briga por uma vaga nas semifinais, caiu de quinto para sexto lugar, com 25 pontos.
A última vitória do Paulista sobre o Botafogo tinha acontecido em 1982, quando fez 1 a 0, com gol de Gersinho, atualmente auxiliar técnico de Vadão, no Guarani, cobrando pênalti, aos 43 minutos do segundo tempo. Naquele jogo, o Galo estreou o técnico Ivan Inocêncio.

Gol da vitória
Com uma boa movimentação no primeiro tempo, o Paulista mereceu a vantagem no placar. O único gol foi marcado por Felipe Azevedo, aos 30 minutos. Ele foi lançado em diagonal por Barboza, dividiu com o goleiro e depois completou para as redes quase em cima da linha de gol.

O Botafogo melhorou no segundo tempo, mas não o suficiente para superar a defesa da casa e chegar ao empate. A sua melhor chance saiu aos 31 minutos, num chute de longe de Ademir Sopa que explodiu no travessão. O Paulista criou poucos contragolpes e preferiu segurar o resultado.

O curioso é que o Galo da Japi perdeu dois gols incríveis no final do jogo. Aos 45 minutos, Mazola passou pelo goleiro e, sem ângulo, chutou. A bola caprichosamente bateu no pé da trave. Aos 46 minutos, Marquinhos entrou na área passando por três adversários e a bola sobrou para o chute de David Modesto, que na pequena área, chutou por cima.

Próximos Jogos
Na 16.ª rodada, o Paulista vai enfrentar o Corinthians, quarta-feira, na Arena Barueri, a partir das 21h50. Na quinta-feira, às 21 horas, o Botafogo recebe o líder Santos, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

FICHA TÉCNICA

Paulista 1 x 0 Botafogo

Local: Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí-SP.
Renda: R$ 18.210,00
Público: 731 pagantes.
Árbitro - Flávio Rodrigues Guerra
Cartões amarelos: Márcio Santos, Lucas e Marquinhos (Paulista). Cleiton e Jackson (Botafogo).
Gol: Felipe Azevedo, aos 30'/1T

Paulista
Vinícius; Lucas (David Modesto), Márcio Santos, Marcelo Xavier e Raphael Martinho; Rai, Samuel Xavier (Marquinhos), Bruno Formigone e Barboza (Fabrizzyo); Felipe Azevedo e Mazola.
Técnico: Wagner Lopes.

Botafogo
Wéverton; Jackson, Cleiton, Leandro Amaro e Andrezinho; Augusto Recife, Ademir Sopa, Xuxa (Washington) e João Henrique; William (André Neles) e Ricardinho (Adriano).
Técnico: José Galli Neto.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Botafogo lança 3º uniforme oficial



A diretoria do Botafogo lançou nesta sexta-feira (19) o terceiro uniforme oficial do clube no Paulistão 2010. O produto, fabricado pela Geração Sport, é diferenciado e moderno com listras verticais onduladas e detalhado com material de primeira qualidade com símbolo bordado. A nova camisa já começou a ser vendida na Toca do Pantera, loja oficial do clube em Santa Cruz, pelo preço de R$ 60.

“As pessoas que vieram comprar ingresso aqui nesta manhã gostaram da camisa e já conseguimos vender várias. A receptividade do botafoguense foi muito boa com o novo design”, contou o diretor do clube, Valdomiro Secco. “Pretendemos usar a camisa em um jogo oficial ainda nesse Paulistão 2010. O uniforme é de primeira qualidade e, além de tudo, muito bonito”, completou Secco.


Ingressos continuam sendo vendidos

Continuam sendo vendidos em Santa Cruz os ingressos para o jogo do próximo dia 25 (quinta-feira), às 21h00, em Santa Cruz, entre Botafogo e Santos. As entradas tem valores diferenciados. As arquibancadas custam R$ 60 e as cobertas são vendidas por R$ 80. As meias-entradas por setor serão, R$ 30 e R$ 40, respectivamente. As vendas acontecem nas bilheterias da entrada do setor de camarotes.

A diretoria do Botafogo liberou a venda e a entrada de meios ingressos para o torcedor que comprar e vir ao jogo com a camisa oficial do Botafogo. “É bom ressaltar que o torcedor tem que comprar o ingresso e vir no dia do jogo com a camisa oficial do clube independente da época da camisa, mas tem que ser oficial e do Botafogo”, informou o vice-presidente de finanças do Botafogo, Márcio Spímpolo.

As vendas de camarotes e cativas estão sendo feitas na Sica cobranças, localizada na rua São José, 364. “Estamos vendendo camarotes livres para os interessados por R$ 720 reais para seis pessoas. O convite para o proprietário custará R$ 40, o mesmo valor da cativa”, completou Spímpolo.

Os ingressos são diferenciados para os torcedores de Botafogo e Santos. “O torcedor do Santos ficará em lugar diferenciado também nas cobertas. Haverá diferenciação também nesse tipo de ingresso, como na arquibancada”, contou o diretor, Valdomiro Secco.

Estudantes, aposentados e mulheres também pagarão meia-entrada. A venda de meio-ingresso será feita apenas em quantidade única por pessoa. Crianças até 12 anos não pagam.

Confira os preços resumidos:
Arquibancada - R$ 60
½ arquibancada – R$ 30
Numerada Coberta - R$ 80
½ Numerada Coberta – R$ 40
Cativa – R$ 40
Camarote proprietário - R$ 40
Camarote completo não proprietários – R$ 720

Rafael Martinez
Assessor de Imprensa



segunda-feira, 15 de março de 2010

RANKING DOS PUBLICOS DO PAULISTÃO

1º CORINTHIANS 2 X 1 BRAGANTINO - 32.179
2º SANTOS 2 X 1 RIO CLARO - 32.001
3º CORINTHIANS 1 X 0 PALMEIRAS - 28.587
4º MONTE AZUL 1 X 1 CORINTHIANS - 25.294
5º SAO PAULO 1 X 3 PORTUGUESA - 18.074
6º PALMEIRAS 5 X 1 MOGI MIRIM - 17.051
7º CORINTHIANS 4 X 0 SERTAOZINHO - 16.780
8º CORINTHIANS 1 X 1 MIRASSOL - 15.584
9º SAO PAULO 1 X 2 SANTOS - 14.519
10º PALMEIRAS 2 X 0 SAO PAULO - 13.590
11º RIO BRANCO 0 X 4 SANTOS - 12.153
12º SANTOS 6 X 3 BRAGANTINO - 11.794
13º PONTE PRETA 2 X 1 CORINTHIANS - 11.535
14º SANTOS 3 X 4 PALMEIRAS - 11.452
15º SANTOS 1 X 1 PONTE PRETA - 10.676
16º PONTE PRETA 1 X 1 SANTO ANDRE - 10.599
17º BOTAFOGO 1 X 1 PALMEIRAS - 10.481
18º SANTOS 2 X 0 OESTE - 10.393
19º OESTE 1 X 2 CORINTHIANS - 10.196
20º CORINTHIANS 0 X 0 RIO BRANCO - 10.193
21º GREMIO BARUERI 2 X 2 PALMEIRAS - 10.031
22º SANTO ANDRE 1 X 2 SANTOS - 9.822
23º PALMEIRAS 3 X 3 ITUANO - 9.684
24º PONTE PRETA 0 X 2 SAO PAULO - 9.487
25º SAO PAULO 2 X 1 RIO BRANCO - 9.370
26º CORINTHIANS 1 X 1 BOTAFOGO - 9.298
27º PORTUGUESA 1 X 1 SANTOS - 9.135
28º SANTOS 2 X 1 CORINTHIANS - 9.029
29º PORTUGUESA 1 X 1 CORINTHIANS - 8.753
30º SAO PAULO 3 X 0 RIO CLARO - 8.384
31º MIRASSOL 1 X 2 SANTOS - 8.370
32º PAULISTA 2 X 3 SANTOS - 8.033
33º PONTE PRETA 2 X 1 PORTUGUESA - 7.880
34º CORINTHIANS 2 X 1 SANTO ANDRE - 7.845
35º MONTE AZUL 0 X 1 PALMEIRAS - 7.665
36º OESTE 0 X 0 SAO PAULO - 7.610
37º PONTE PRETA 2 X 1 MONTE AZUL - 7.199
38º ITUANO 0 X 1 SAO PAULO - 6.953
39º PALMEIRAS 1 X 1 PORTUGUESA - 6.533
40º MIRASSOL 1 X 1 SAO PAULO - 6.166
41º SAO PAULO 3 X 1 GREMIO BARUERI - 5.945
42º SERTAOZINHO 2 X 2 SAO PAULO - 5.637
43º PONTE PRETA 2 X 3 SERTAOZINHO - 5.539
44º RIO CLARO 1 X 0 PALMEIRAS - 5.307
45º SANTOS 5 X 0 GREMIO BARUERI - 5.294
46º SAO PAULO 3 X 0 PAULISTA - 4.979
47º BRAGANTINO 2 X 3 PALMEIRAS - 4.913
48º SAO PAULO 3 X 0 SAO CAETANO - 4.875
49º MOGI MIRIM 0 X 3 CORINTHIANS - 4.740
50º SAO PAULO 5 X 1 MONTE AZUL - 4.362
51º SAO CAETANO 0 X 1 CORINTHIANS - 4.031
52º PALMEIRAS 1 X 3 SANTO ANDRE - 3.840
53º BOTAFOGO 3 X 0 MOGI MIRIM - 3.674
54º GREMIO BARUERI 0 X 4 BOTAFOGO - 3.328
55º PALMEIRAS 1 X 4 SAO CAETANO - 3.324
56º PALMEIRAS 3 X 2 SERTAOZINHO - 3.224
57º PONTE PRETA 1 X 3 OESTE - 3.127
58º BOTAFOGO 0 X 0 ITUANO - 2.925
59º BOTAFOGO 2 X 1 OESTE - 2.898
60º BOTAFOGO 1 X 0 SAO CAETANO - 2.582
61º GREMIO BARUERI 1 X 0 MONTE AZUL - 2.396
62º GREMIO BARUERI 3 X 2 RIO CLARO - 2.332
63º MOGI MIRIM 2 X 1 SANTOS - 2.317
64º SANTO ANDRE 4 X 1 BOTAFOGO - 2.247
65º SANTO ANDRE 2 X 0 PORTUGUESA - 2.228
66º GREMIO BARUERI 2 X 0 RIO BRANCO - 2.175
67º MONTE AZUL 1 X 2 MIRASSOL - 2.103
68º SERTAOZINHO 1 X 1 GREMIO BARUERI - 2.054
69º BOTAFOGO 1 X 0 PONTE PRETA - 1.989
70º OESTE 1 X 1 GREMIO BARUERI - 1.940
71º PONTE PRETA 3 X 4 BRAGANTINO - 1.937
72º MONTE AZUL 2 X 3 PAULISTA - 1.915
73º GREMIO BARUERI 3 X 1 PONTE PRETA - 1.888
74º PORTUGUESA 1 X 0 SAO CAETANO - 1.885
75º PORTUGUESA 0 X 1 MOGI MIRIM - 1.841
76º PORTUGUESA 1 X 2 BOTAFOGO - 1.826
77º OESTE 1 X 2 PORTUGUESA - 1.784
78º PORTUGUESA 2 X 1 PAULISTA - 1.741
79º SERTAOZINHO 1 X 1 RIO CLARO - 1.659
80º GREMIO BARUERI 1 X 3 SANTO ANDRE - 1.550
81º OESTE 2 X 2 PAULISTA - 1.529
82º OESTE 2 X 2 MONTE AZUL - 1.370
83º MIRASSOL 0 X 3 SAO CAETANO - 1.331
84º MIRASSOL 2 X 2 GREMIO BARUERI - 1.321
85º MIRASSOL 1 X 1 BOTAFOGO - 1.310
86º RIO CLARO 1 X 3 BOTAFOGO - 1.294
87º SERTAOZINHO 2 X 3 SANTO ANDRE - 1.269
88º BRAGANTINO 2 X 0 BOTAFOGO - 1.232
89º MIRASSOL 1 X 0 MOGI MIRIM - 1.174
90º SERTAOZINHO 2 X 3 MOGI MIRIM - 1.157
91º BRAGANTINO 1 X 1 PORTUGUESA - 1.132
92º PAULISTA 0 X 1 PONTE PRETA - 1.087
93º SANTO ANDRE 2 X 1 MIRASSOL - 1.085
94º MONTE AZUL 3 X 2 RIO CLARO - 1.072
95º SANTO ANDRE 4 X 2 PAULISTA - 1.071
96º MONTE AZUL 1 X 0 SERTAOZINHO - 1.005
97º PAULISTA 2 X 2 BRAGANTINO - 974
98º SANTO ANDRE 2 X 2 SAO CAETANO - 957
99º PAULISTA 2 X 1 RIO CLARO - 934
100º MIRASSOL 1 X 1 OESTE - 882
101º PAULISTA 1 X 2 GREMIO BARUERI - 852
102º SANTO ANDRE 2 X 2 OESTE - 837
103º RIO BRANCO 1 X 2 PONTE PRETA - 837
104º MOGI MIRIM 1 X 1 BRAGANTINO - 797
105º RIO CLARO 0 X 1 OESTE - 760
106º SAO CAETANO 2 X 2 MONTE AZUL - 753
107º SERTAOZINHO 1 X 1 BRAGANTINO - 728
108º RIO CLARO 3 X 1 SAO CAETANO - 724
109º RIO CLARO 0 X 0 MOGI MIRIM - 700
110º SERTAOZINHO 0 X 0 RIO BRANCO - 669
111º BRAGANTINO 2 X 3 SAO CAETANO - 664
112º SAO CAETANO 2 X 0 PAULISTA - 646
113º BRAGANTINO 1 X 1 MONTE AZUL - 611
114º MIRASSOL 1 X 2 RIO CLARO - 585
115º PAULISTA 0 X 2 MIRASSOL - 582
116º RIO CLARO 1 X 0 ITUANO - 555
117º SAO CAETANO 1 X 0 MOGI MIRIM - 548
118º MOGI MIRIM 3 X 0 ITUANO - 523
119º ITUANO 1 X 1 PONTE PRETA - 516
120º PORTUGUESA 2 X 0 RIO CLARO - 475
121º ITUANO 4 X 0 MIRASSOL - 466
122º PORTUGUESA 2 X 0 SERTAOZINHO - 434
123º ITUANO 1 X 2 SANTO ANDRE - 434
124º BRAGANTINO 3 X 4 ITUANO - 433
125º SAO CAETANO 1 X 2 RIO BRANCO - 421
126º ITUANO 0 X 4 GREMIO BARUERI - 398
127º ITUANO 1 X 0 PAULISTA - 392
128º MOGI MIRIM 1 X 3 OESTE - 391
129º BRAGANTINO 4 X 3 RIO BRANCO - 352
130º SAO CAETANO 5 X 1 SERTAOZINHO - 351
131º RIO BRANCO 1 X 0 BOTAFOGO - 345
132º RIO BRANCO 1 X 4 SANTO ANDRE - 314
133º MOGI MIRIM 1 X 0 PAULISTA - 293
134º MOGI MIRIM 2 X 2 RIO BRANCO - 256
135º RIO BRANCO 2 X 2 MIRASSOL - 223
136º MONTE AZUL 2 X 2 ITUANO - 219
137º RIO BRANCO 1 X 2 ITUANO - 217
138º ITUANO 1 X 0 SERTAOZINHO - 214
139º RIO BRANCO 0 X 0 MONTE AZUL - 117
140º BRAGANTINO 4 X 0 OESTE - 114

MÉDIA DE PÚBLICO E RENDA ATE 14ª RODADA



MELHORES MOMENTOS EPTV

MELHORES MOMENTOS:

domingo, 14 de março de 2010

DR. PILA LEVA BOTAFOGO PARA ARGENTINA



BOTAFOGO SEGUE COLADO NO G4







PRÓXIMOS CONFRONTOS DOS 5 PRIMEIROS

Santos - 32 PONTOSItuano (mandante)
Botafogo (visitante)
Monte Azul (mandante)
São Caetano (visitante)
Sertãozinho (mandante)

Santo André - 30 PONTOS
Bragantino (mandante)
Monte Azul (mandante)
Mogi Mirim (visitante)
Rio Claro (visitante)
São Paulo (mandante)

São Paulo - 27 PONTOS
Mogi Mirim (mandante)
Bragantino (visitante)
Corinthians (visitante)
Botafogo (mandante)
Santo André (visitante)

Corinthians - 26 PONTOS
Grêmio Prudente (visitante)
Paulista (mandante)
São Paulo (mandante)
Ituano (visitante)
Rio Claro (mandante)

Botafogo - 25 PONTOS
Paulista (visitante)
Santos (mandante)
Sertãozinho (mandante)
São Paulo (visitante)
Monte Azul (mandante)

sábado, 13 de março de 2010

BOTAFOGO VENCE NA RAÇA! E VOLTA AO G4!

Foi um jogo de emoções, um primeiro tempo frio e desentrozado do Botafogo, um gol do Oeste e poucas chances de empatar.

Um segundo tempo de outro Botafogo, com muita vontade, com raça, com dedicação e com 11 em campo, tendo em vista que Vando "saiu" e entrou Jackson. Um belo gol de Ademir Sopa que é um guerreiro com a camisa do Botafogo no ataque e na defesa. O Pantera foi em cima e Weverton fez uma bela defesa em contra ataque do Oeste, depois disso só pressão e aos 44' um belo lance de Jonas que cruzou, mal... mas que encontrou o desespero do zagueiro do Oeste que jogou para o fundo das redes do Neneca.

Vitória merecida pela vontade no segundo tempo e parabens a todos os guerreiros que acreditaram ate o ultimo minuto.

Na minha opinião a vaga na Série D é nossa, e agora dentro do G4 é secar o São Paulo e o Corinthians.

Valew pela alegria meu Fogão!



No último minuto, Botafogo vence e volta ao G4

Foi uma verdadeira pressão do Botafogo em cima do Oeste de Itápolis no segundo tempo de jogo. Após sair perdendo com gol na primeira etapa, o Tricolor buscou a virada e garantiu sua sétima vitória no Paulistão ao derrotar o time rubro negro por 2 a 1 – gol de Ademir Sopa e Paulo Miranda (contra). O resultado levou o Botafogo de volta ao G4 assumindo a 3ª posição. O Bota torce para que São Paulo ou Corinthians não vençam seus jogos para permanecer entre os times que se classificam para a próxima fase ao final da rodada.

Faltam cinco jogos para o término da primeira fase – o Botafogo enfrenta ainda Paulista (fora), Santos (casa), Sertãozinho (casa), São Paulo (fora) e Monte Azul (casa). Para o jogo diante do Paulista, em Jundiaí, o técnico José Galli Neto não irá contar com o volante Rodrigo Pontes e o lateral-direito Jonas, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, Andrezinho voltará após suspensão. Xuxa será julgado nesta segunda-feira (15) em São Paulo e também poderá ser liberado.



O jogo



O primeiro tempo foi de poucas emoções para o torcedor botafoguense. A equipe teve o controle do jogo, mas esbarrava na forte marcação defensiva da equipe do Oeste que explorava os contra-ataques. Foi em uma dessas jogadas que o time visitante conseguiu o primeiro gol da partida. Em jogada individual, o atacante Ricardo Bueno acertou um chute forte de fora da área no ângulo esquerdo do goleiro Weverton que não teve se chances de defesa.



O gol forçou ainda mais o Tricolor a ir ao ataque. Em jogadas de bola parada como faltas e escanteios, o Botafogo levava mais perigo ao gol defendido pelo goleiro Neneca. No final da primeira etapa, uma boa chance para o Pantera surgiu depois de falta cobrada por João Henrique. A bola sobrou na grande área após rebote da defesa, mas ninguém conseguiu o gol.



Na segunda etapa, o técnico Galli fez uma substituição sacando Vando para colocar Jackson na lateral-esquerda. A mexida surtiu efeito ofensivo e o Botafogo pressionou do início ao fim. A emoção que faltou no primeiro tempo, sobrou no segundo. Aos 15 minutos, Ademir Sopa tratou de colocar mais pimenta no jogo ao empatar a partida em cobrança de falta.



A partir daí, a pressão foi constante por parte do Botafogo. O técnico Galli colocou Washington na vaga do volante Rodrigo Pontes e deixou o time mais ofensivo. André Neles ainda entrou na vaga de William. O gol vitorioso saiu aos 45 minutos da etapa derradeira. Jonas foi lançado pela ponta-direita, invadiu e chutou rasteiro. A bola desviou em Paulo Miranda e morreu no fundo das redes de Neneca para alegria geral em Santa Cruz.



Botafogo 2 x 1 Oeste

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)

Árbitro: Élcio Paschoal Borborema

Cartões amarelos: Rodrigo Pontes, Augusto Recife e Jonas (Botafogo); Ricardo Bueno, Mário, Alê e Paulo Miranda (Oeste)

Gols: Ademir Sopa 15/2T e Paulo Miranda 44/2T (contra) (Botafogo); Ricardo Bueno 34/1T (Oeste)

Botafogo: Wéverton; Jonas, Cleiton, Leandro Amaro e Vando (Jackson); Rodrigo Pontes (Washington), Augusto Recife, Ademir Sopa e João Henrique; William (André Neles) e Ricardinho. Técnico: José Galli Neto.

Oeste: Neneca; Paulo Miranda, Adriano e Cris (Rogério); Wilton Goiano, Dionísio, Rivaldo, Kléber (Gláucio) e Mário; Ricardo Bueno e Mazinho. Técnico: João Ricardo.

Veja mais fotos do jogo e bastidores no Flickr oficial do clube:

http://www.flickr.com/photos/botafogosp/sets/72157623489596057/



Rafael Martinez

Assessor de Imprensa

sexta-feira, 12 de março de 2010

Botafogo recebe o Oeste para voltar ao G4

Na luta pela classificação às semifinais, o Botafogo recebe o Oeste, neste sábado, pela 14ª rodada do Campeonato Paulista. Em quinto lugar e com 22 pontos ganhos, o Botafogo busca a vitória para se recuperar da goleada contra o Santo André (4 a 1) e voltar ao G4. O Oeste, em 13º lugar com 15 pontos, vem de três empates seguidos, contra Grêmio Prudente, São Paulo e Mirassol e quer a vitória no clássico regional para embalar.

O time de Ribeirão Preto deve ter apenas uma alteração em relação à equipe da rodada passada. Na lateral-esquerda, Vando assume o lugar de Andrezinho. “Estou motivado e feliz pela oportunidade. Joguei algumas partidas como titular e venho acompanhando o grupo de perto. Precisamos vencer e voltar a G4”, afirmou Vando.

"Acredito na reabilitação diante do Oeste e na volta ao G4. O grupo está fechado com o Botafogo”, afirmou o treinador Galli Neto. Mas ele também destaca a dificuldade da partida. “O Oeste é um time difícil de ser batido, estamos analisando o adversário”, garantiu.

O Oeste só não deve escalar o meia Fernandinho, suspenso, e Marrom disputa com Mário a vaga aberta no time titular. “Por se tratar de um clássico regional, jogo como esse sempre traz um clima especial. Será um confronto bom, mas também muito difícil”, afirma do diretor de futebol Mauro Guerra.

Ficha Técnica:

Botafogo: Weverton; Jonas, Cleiton, Leandro Amaro e Vando; Rodrigo Pontes, Augusto Recife, Ademir Sopa e João Henrique; William e Ricardinho. Técnico: José Galli Neto.

Oeste: Neneca; Paulo Miranda, Adriano e Cris; Wilton Goiano, Dionísio, Rivaldo, Kléber e Marrom (Mário); Ricardo Bueno e Mazinho. Técnico: João Ricardo Cardozo.

Arbitragem: Elcio Paschoal Borborema, Marco Antonio de Andrade Motta Junior e Marcio D'Avila Tragante.

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.
Data e horário: dia 13 (sábado), às 17h

Baixe o Adobe Flash Player

Quatro campeonatos em um só!

Torcedores Botafoguenses,

Ouvi o comentário de João Gilberto Bola Branca no Eldorado Esportes nos 1330AM ontem falando sobre serem 4 campeonatos dentro de 1 só.

Excluindo-se São Paulo, Palmeiras, Santos e Corinthians, que são favorecidos pelas cotas da TV - 7 milhões cada enquanto os demais recebem 1,4 milhões -, os demais clubes entrão no Campeonato Paulista com o risco de cair.

Sendo assim para 16 clubes é um campeonato à parte, o Campeonato Fuga do Rebaixamento, onde até mesmo a Lusa já correu riscos e até o Corinthians.

A matemática para esse campeonato é fazer no minimo 19 a 20 pontos, e o Pantera conseguiu isso bem cedo na 11ª rodada e com apenas 5 jogos em casa. Este ano um número menor de pontos deve ser necessário para escapar tendo em vista que Monte Azul, Paulista e Sertãozinho fazem campanhas muito fracas.

Então nesse primeiro campeonato que premia 12 equipes, o Botafogo foi um dos primeiro Campeões juntamente com o Santo André.

Nesses campeonato coloco os 4 (Sertãozinho, Monte Azul, Rio Claro e Rio Branco) recém chegados na primeira como favoritos a cair, mas o Paulista pode roubar uma vaga e ir também para a A2.

O segundo e o Campeonato de Acesso à Série D do Brasileiro, neste campeonato 10 clubes participam Botafogo, Ituano, Mirassol, Oeste, Mogi Mirim, Rio Branco, Rio Claro, Paulista, Monte Azul e Sertãozinho.

Este é o atual objetivo do Botafogo, posso dizer que o mais importante dentre todos.

Em 2009 o Mirassol fez 28 pontos pegando a 1ª vaga e a 2ª e 3ª vaga ficaram com Paulista e Ituano respectivamente com 20 pontos, mas que ficaram na frente do Oeste no número de vitórias.
Para 2010 a competição esta mais acirrada por conta do número de vagas ser menor que 2009 (era 3 e agora são 2) e o número de concorrentes ter aumentado de 7 para 10.

O Botafogo com 22 pontos não pode ainda comemorar a vaga, pois o Ituano com 19 pontos que parece ser o dono de uma das vagas tambem e a uma vitória do Botafogo.
Os outros três concorrentes próximos são Mogi, Oeste e Mirassol respectivamente, com 15 pontos, mas que ainda se preocupam em escapar do rebaixamento chegando aos 20 pontos.

Um vitória contra o Oeste representa abrir 10 pontos faltando apenas 5 rodadas de um concorrente direto.

Essa vaga dará um novo calendário no 2º semestre onde 40 clubes buscam 4 vagas na Sèrie C, e com apenas 10 jogos o acesso pode ser conquistado.

O 3º campeonato é o Torneio do Interior onde apenas 15 clubes podem participar pois a Lusa e o Santos além do Trio da Capital não tem direito.
Os 4 clubes do interior melhores colocados e não classificados para as semifinais, participam de dois jogos semifinais com confrontos entre o 1º x 4º e 2º x 3º, onde a vantagem de jogar o 2º jogo em casa é do 1º e do 2º. Depois os finalistas se enfrentam em dois jogos e o Campeão recebe R$250.000,00 e os outros participantes recebem R$50.000.

Quem vai para o Torneio do Interior consegue mais uma importante vantagem, mas que é usufruida apenas no próximo campeonato. Como na maioria das vezes no máximo dois clubes do interior conseguem ir para as finais, ficando entre os 4 do torneio interior, se está entre os 10 melhores colocados. Os 10 melhores colocados tem direito a jogar 10 partidas em casa e 9 fora, levando vantagem sobre os 11º a 16ª colocados e dos 4 que sobem.

O Pantera caminha bem para ficar entre os 10 melhores onde os 10º fez em 2007 25 pontos, em 2008 28 pontos, em 2009 23 pontos.

Para finalizar o grande Campeonato, a disputa das finais em busca da Taça de Campeão do Paulistão 2010.

Ficar entre os 4 garante R$100.000,00 fora a renda do jogo semifinal, o vice campeão recebe R$500.000,00 e o Campeão R$2.000.000,00 de premiação.

Em tempo, o estado de São Paulo tem direito a 3 vagas na Copa do Brasil 2011, sendo que 1 é destinada para o Campeão da Copa Paulista e as outras duas ficam para os 2 melhores colocados excluindo-se aqueles que garantem vaga na Libertadores pela Copa do Brasil 2010 caso seja Paulista e que conquistem vaga na Libertadores pelo Brasileirão podendo até ser 4 paulistas, onde neste caso existe a possibilidade do 5º e o 6º ficarem com as vagas.

O Pantera depois do Santos é o clube que mais tempo ficou no G4 o que representa regularidade, o Corinthians agora completou 8 rodadas no G4 só que não consecutivas como o Botafogo. E esse se apresenta como o grande adversário rumo as semi finais.

Eu fico feliz por na 11ª rodada ter o clube com 21 pontos matemáticamente livre do rebaixamento, tendo conquistado seu primeiro objetivo.
Mais feliz ainda por estar próximo matematicamente da vaga na Série D e de volta ao calendário nacional.
A glória é poder voltar a participar das semifinais, e conquistar uma vaga na Copa do Braisil, e até mesmo uma final como em 2001 podendo buscar o titulo em igualdade de condições.
Mas posso dizer que com o Titulo do Interior e os R$250.000 ficarei satisfeito e orgulhoso do meu Botafogo.

A diretoria, os jogadores e os torcedores querem as finais e com uma vitória sobre o Oeste, dentro do G4 o Botafogo estará de volta para a briga.

Eu acredito!

quarta-feira, 10 de março de 2010

NOVO PRODUTO OFICIAL DO BOTAFOGO



MINI CAMISA 19CM X 16CM COM CABIDE E VENTOSA, ACESSORIO PARA SE UTILIZAR EM SEU VEICULO, BOLSAS, MOCHILAS, PLUGANDO E PENDURANDO. ADQUIRA JÁ A SUA!

APENAS R$20,00

INFORMAÇÕES: LUCASVINI@hOTMAIL.COM

PRODUTO OFICIAL DO BOTAFOGO COM TODO LUCRO REVERTIDO PARA O CLUBE.

terça-feira, 9 de março de 2010

BOTAFOGO VAI REINAUGURAR BOUTIQUE ESTA SEMANA











FOTOS DE FLÁVIO SANTOS

PRODUTOS QUE PODEM SER ENCONTRADOS:

CHINELOS
CANECAS
FLAMULA
PIN (BROCHE)
CHAVEIRO
PORTA LATA
PORTA GARRAFA
CAMISINHA GELA LATA
ADESIVOS
BONES
PORTA CELULAR
BANDEIRINHAS DE MESA

CAMISAS INFANTIS
CAMISAS BABY
CAMISAS OFICIAIS ADULTO
CAMISAS COMEMORATIVAS
SHORTS DIVERSOS

VÁRIOS PRODUTOS SÃO DISPONIBILIZADOS TAMBEM NA BOUTIQUE DAS ESCOLAS DE BASE E TAMBEM NA BOUTIQUE DA FIEL FORÇA TRICOLOR.

COMPRE NOS PONTOS OFICIAIS DE VENDA E AJUDE O BOTAFOGO A CRESCER, TER MAIS PRODUTOS E SER CADA VEZ MAIS PRESENTE NAS CASAS, CARROS E RUAS DE RIBEIRÃO PRETO.

Botafogo tem dois desfalques para o jogo contra o Oeste

André Neles foi julgado nesta segunda (08) e pegou apenas uma partida de suspensão, já cumprida contra o Corinthians.

Malaquias está de volta após recuperar de lesão e da pena de 3 jogos de suspensão.

Rodrigo Pontes até sábado deve reunir condições de jogo.


Já o lateral Andrezinho que recebeu seu 3º amarelo contra o Santo André desfalca a equipe que contará com a volta de Vando, já recuperado totalmente da virose e bem preparado fisicamente.

O meia Xuxa levou o vermelho e cumpre suspensão automatica e não joga conra o Oeste. Xuxa ainda deverá ser citado nesta quarta e ser julgado na proxima segunda.
O meia Washington é opção para o seu lugar no banco de reservas como opção de João Henrique.

Se tudo ocorrer bem durante a semana a escalação do Pantera será:

Weverton
Jonas (Cassio)
Cleiton
Leandro Amaro
Vando
Rodrigo Pontes
Ademir Sopa
Augusto Recife
João Henrique
Malaquias
Willian

Chances de Classificação


www.infobola.com.br - Prof. Tristão