Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

quinta-feira, 8 de abril de 2010

BOTAFOGO É O 1º PARA A DISPUTA DO INTERIOR

Após vitória o Pantera se concentra na primeira semifinal do Torneio do Interior que começa nesse sábado 16:00 em Campinas contra a Ponte Preta.

Baixe o Adobe Flash Player

Ribeirão Preto, SP, 07 (AFI) – O Botafogo pode não ter garantido a vaga nas semifinais do Campeonato Paulista, mas pelo menos, vai disputar o Título do Interior. Na noite desta quarta-feira, jogando no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, contra o Monte Azul, o Pantera foi superior o tempo todo, e saiu de campo com a vitória por 2 a 1, em partida que valeu pela última rodada da fase de classificação.

Com o resultado, chegou aos 31 pontos, e terminou na sétima colocação, e agora, vai enfrentar a Ponte Preta, pela semifinal da disputa do Interior. O Monte Azul, por outro lado, está rebaixado para a Série A2, terminando com 15 pontos, na 18ª colocação.
Só deu Pantera
Como era de se esperar, o Botafogo foi para cima desde o inicio, colocando o abatido Monte Azul para se defender apenas. Logo aos cinco minutos, Leandro Amaro cruzou, Rodrigo Pontes cabeceou forte e Tiago fez uma defesa milagrosa. Na sequência, em cobrança de escanteio, Cleiton cabeceou forte, e de novo, o goleiro fez grande defesa, salvando os visitantes de tomar o primeiro gol.

Mas com essa pressão toda, não demorou muito para o Botafogo conseguir seu gol. Antes, aos oito minutos, Borebi fez o corta luz e Silvinho bateu cruzado, mas Cléber defendeu. Em seguida, não teve como segurar. Depois de bela jogada dentro da área, Washington pedalou pra cima da marcação, bateu cruzado e Willian só desviou.

Mesmo na frente, o Botafogo não desistiu de procurar seu gol, e aos 33 minutos, Cássio fez o cruzamento e Ricardinho meteu de cabeça, mas a bola explodiu na trave. Logo em seguida, aos 36 minutos, Rafael Fefo derrubou Xuxa. Ele mesmo foi para a cobrança e fez o gol. O Azulão descontou aos 43 minutos, em cobrança de pênalti de Borebi, quando Cássio colocou a mão dentro da área.

Só administrou
No segundo tempo, a situação não mudou muito, e o Botafogo continuava a pressão em busca do terceiro gol para matar a partida. Aos cinco minutos, depois de jogada de Xuxa, a bola sobrou para Willian, que chutou prensado, e a zaga conseguiu afastar para longe. Logo em seguida, na cobrança de escanteio, o zagueiro Leandro Amaro cabeceou e tirou tinta da trave, quase anotando o seu.

O Monte Azul não conseguia sair de sua defesa, e o Pantera se mantinha no ataque. Aos 25 minutos, foi a vez de Washington quase aumentar a vantagem. Ele recebeu de Adriano, e dentro da área, mandou uma bomba para o gol, tirando tinta da trave.

Ficha Técnica

Botafogo 2 x 1 Monte Azul

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Público: 1.283 pagantes
Renda: R$ 25.424,00
Árbitro: Vinicius Furlan
Cartões amarelos: Willian, Rodrigo Pontes e Cássio (Botafogo) Rafael Fefo e Bilica (Monte Azul)
Gols: Willian aos 11’/1T e Xuxa, de pênalti, aos 36’/1T (Botafogo); Borebi, de pênalti, aos 43’/1T (Monte Azul)

Botafogo
Cléber; Cássio, Cleiton, Leandro Amaro e Andrezinho; Rodrigo Pontes (Walter), Bruno, Washington e Xuxa; Willian (André Neles) e Ricardinho (Adriano).
Técnico: José Galli Neto.

Monte Azul
Tiago Rodrigues; Ávalos, Mauro (Alex) e Cléber Carioca; André Cunha, Bilica, Rafael Fefo (Guilherme Queiros), Rafael Ueta e Dedê; Borebi e Silvinho (Edmilson).
Técnico: Márcio Bittencourt.


Nenhum comentário:

Postar um comentário