Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Botafogo é time de gente é time do povo?

Botafoguenses,


Como torcedor de uma 3ª geração, estou preocupado.


Sei que a diretoria faz um sacrificio enorme para conseguir receitas e saldar despesas do Estadio, Justiça, Administração e Futebol.

Por isso acredito que as decisões de preços são minuciosamente baseadas nesses orçamentos de custos e compromissos ainda a saldar e no investimento feito para este campeonato.


O motivo da minha preocupação é que a torcida esta limitada a 2.500 torcedores na média no Paulista e 1.200 na Copa Paulista.



O que está causando essa limitação?



Horários dos jogos

Concorrência da TV

Logistica do Estádio e Estacionamento

Preço dos ingressos

Falta de Calendário

Falta de resultados expressivos



Vejo que algumas situações o Botafogo não pode mudar, como por exemplo os horários que são definidos pela FPF/TV que é a mesma que oferece concorrência ao jogo com demais transmissões.



Em relação a logistica do estadio precisamos do apoio da Transerp com as linhas de ônibus, e em relação ao Estacionamento é o Botafogo assumir a responsabilidade e organizar as áreas de estacionamento podendo vir a gerar receitas e oferecendo conforto ao torcedor.



A falta de calendário esta ligada a falta de resultados expressivos, isso esse ano foi superado e teremos a Série D voltando ao calendário nacional.



Preços dos ingressos são estabelecidos pela FPF e a organização Botafogo tem como buscar parcerias ou fazer pacotes barateando os ingressos conforme o proprio regulamento descreve.



Mas quando os ingressos são estabelecidos a um preço minimo e cobramos mais, é preciso dar as razões ou buscar pedir a compreensão do torcedor para que ele assuma parte da responsabilidade, pois o Botafogo é para o torcedor, os diretores passam mas o clube continua.



Creio que o preço de R$20,00 a inteira e R$10,00 a meia estabelecido pela FPF no mini arbitral, buscava popularizar este torneio que teve medias baixissimas nos anos anteriores. (Semis de 2007 - 2.384 média, 2008 - 4.115 media e 2009 - 1.332 media)



Para nos que tivemos a grata alegria de ficar 8 rodadas no G4 e ainda terminar em 7º lugar e com a vaga na Série D, o Torneio Interior é importante, não temos esse titulo, alias o último titulo comemorado foi o de Campeão da A3.



Eu gostaria muito de dizer vamos colocar 10.000 ou mais torcedores contra a Ponte!



Mas os últimos números da arquibancada não animam, 3.000 torcedores em uma semifinal de Copa Paulista valendo vaga na Copa do Brasil com ingresso a R$20,00 inteira e R$10,00 a meia.



Nossa média no Paulistão sem os grandes foi de 2.499 torcedores (Ituano 2.925, Ponte 1.989, Mogi 3.674, São Caetano 2.582, Oeste 2.898, Sertãozinho 2.144 e Monte Azul 1.283).



O que questiono é o Botafogo está aberto e disputando campeonato para 3.675 torcedores no máximo e uma média de 2.500?

A atual politica de preços e atendimento ao torcedor está afastando o restante dos torcedores?



Penso que mulher não deveria pagar ingresso, bem como maiores de 80 anos e tambem crianças menores de 12 anos.



Acredito que a receita provinda desses torcedores é pequena, não digo que dispensável, mas que mulher, maior de 80 anos ou criança menor de 12 anos vai sozinha a um jogo de futebol?



Vejo que esses torcedores são iscas para chamar mais 1 ou 2 para o estádio, que pesam na decisão de ficar em casa junto ou levar ao estádio para diversão familiar.



O torcedor não pode ser visto apenas como pagador de ingresso, mas sim como consumidor de camisa oficial, de produtos oficiais, de consumidor de alimento e bebidas no Estádio que geram receita para o clube seja atraves do terceirizado que paga X por mês ou Y por consumo, consumidor da imagem do patrocinador de placa e camisa que é mais visto e consumido por 90 minutos ou mais.



Acredito que muita gente quer ajudar de acordo com as suas possibilidades e não podemos deixar de arrecadar essas receitas, infelizmente estamos perdendo dinheiro de ingresso para a TV e pro bar que tem o payperview e esse é facil de mensurar por conta do baixo publico, mas parece ser impossivel mensurar o quanto perdemos ao não tratar o torcedor como consumidor.



O discurso pode ser facil de ser feito e escrito, mas estou escrevendo para todos após evidenciar situações durante mais de 4 anos na portaria do estádio os mesmos e cada vez menos torcedores, debater via conselheiros e torcedores amigos, via e-mail e via orkut essa minha opinião.


Fico preocupado com a 4ª geração cada vez mais comoda (com cerveja, refrigerante, segurança, familia reunida) na TV assistindo os times da capital na Libertadores, no Brasileirão e quando emprestamos/alugamos o estádio pagam o preço que for para ver esse grande jogar, mas não pagam os R$30,00 ou R$20,00 para ir ver o Botafogo em seu estádio, deixando de consumir o que temos a oferecer.

Eu até a minha morte ou fim do Botafogo irei no Estádio Santa Cruz, graças a Deus tenho condições para ser um consumidor por fanatismo, mas somos cada vez menos...

Qual o caminho?.....

7 comentários:

  1. Lukaz, não vejo uma ação de marketing eficiente para os jogos...
    Postei uma idéia no orkut, mas não sei se você leu...
    Não adianta baixar o ingresso por baixar, adianta sim fazer promoção dessa forma que eu falei, levando uma mulher, uma criança, ou outros que não pagam.... aí sim o cara pagar meia.
    Acho que meia deve ser direito como um prêmio por algum fator positivo, e levar alguém com a gente, que não paga ingresso... seria um ótimo incentivo.

    ResponderExcluir
  2. Os mistos vão no campo pra ver time grande porque é uma vez ao ano, Lukaz. Você lembra quando o Bragantino jogou contra o Corinthians em 2008 e colocou o preço a 40 reais? Tinha acabado de ter um jogo da Copa do Brasil, São Caetano x Corinthians e tinha lotado. Resultado, não foi ninguém no jogo, tinha menos de 5 mil pessoas.

    Agora o Botafogo tem todo o fim de semana. É caro, e garanto que ao menos 50% de nossa torcida possível não vai ao campo por isso. As 2.500 pessoas do Paulistão poderiam ser 5.000, creio eu. É só lembrar do jogo contra a Ponte em 2009, que não valia praticamente nada, era às 21h50 e foi mais de 4.000 (pela súmula).

    ResponderExcluir
  3. Lukas, acredito em torcedor de verdade como eu, voce e mais ou menos uns 2.500. Temos que ir ao Santão quantas vezes pudermos, não importa o adversário, ser o Santos ou o Tupi (MG). Eu vou para ver vo Fogão. Na minha opinião, a diretoria deve sim baixar o valor dos ingressos e ter um bom time, para depois ir aumentando gradativamente o valor dos ingressos e ir conquistando esta quarta geração. Mas eu tenho no sangue o amor ao nosso querido e amado Tricolor !!!!!!! Rumo a Série C !!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Fala Lukaz...frequentei o estádio Santa Cruz por muito tempo, inclusive levava minha familia e tudo mais...meu sobrinho era meu companheiro nos jogos!!!!

    A verdade é, que é um programa muito caro para a nossa realidade e, não se trata apenas do preço dos ingressos; condições de higiene adequadas para os banheiros femininos, um lugar para as crianças...tudo é caro, a agua, refrigerante, pipoca, etc.

    Se você leva a familia à shopping por exemplo...você tem uma relação custo-benefício melhor!!!

    O fato é que eles fazem um campeonato para a televisão e pouco se preocupam com as condições dos estádios e atrações voltadas para o bem estar!!!!

    Marcos Costa
    Campinas

    ResponderExcluir
  5. Lukas, perfeita análise!!!

    Simplesmente concordo com tudo o que você disse!!!

    Abração, rapaz!!!

    PS: Ainda não o conheço pessoalmente, mas cada vez mais admiro você, por tudo o que tem feito pelo Bota, e também pra nós torcedores!!!

    Sou um leitor assíduo de seu blog!!!

    Fernando Sadano

    ResponderExcluir
  6. Amigos,

    A culpa de baixas rendas, foi a chamada política "pés no chão", implantada no interior a partir da década de 90, com isso, os clubes interioranos passaram a investir cada vez menos e o resultado é a sequencia de rebaixamentos e retorno as divisões maiores de vários clubes, até mesmo os grandes que se propuzeram a esta pratica cairam.
    Perceba que o público foi sumindo, desaparecendo e com isso, desacostumaram os torcedores a frequentarem estádios de futebol.
    Podem apostar amigos, a volta dos torcedores será paulatinamente, ou seja, assim como paulatinamente os clubes foram perdendo seu espaço, a conquista também será difícil, no mínimo de 5 a 6 anos de ótimos campeonatos para nos readaptarmos a irmos ao estádio.
    Não culpem a Televisão, ela apenas pegou a brecha dos clubes e seus amadores diretores da bola.
    Agora é correr atrás para recuperar o tempo e o prejuizo nos estádios, principalmente em Ribeirão Preto onde o Botafogo mantem-se a frente do co-irmão, graças a manutenção em divisões superiores no paulista e brasileiro, vide pesquisa que apontam o crescimento de novos torcedores do Botafogo no início do ano 2.000 por coindência, ascenção nos brasileiros C.B e A e vice paulista.
    Então...parabéns Botafogo e Comercial, deram o pontapé inicial em 2010, se mantiverem os ritmos, em 2014 nossa média será superior a 7.000, no mínimo.

    opinião de um torcedor.

    ResponderExcluir
  7. O MOTIVO DA AUSENCIA DO TORCEDOR NO SANTÃO, É 80% PELOS VALOR ELEVADISSIMO DOS INGRESSOS.

    A SELEÇÃO BRASILEIRA JOGOU A UNS 8 MESES ATRAS EM BRASILIA E NO ENGENHÃO, E COLOCARAM O VALOR DAS ARQUIBANCADAS A R$ 60,00 - RESULTADO FOI QUE JOGARAM PARA ESTADIO VAZIO, E TIVERAM QUE DAR INGRESSOS PARA O VEXAME NÃO SER MAIOR.

    FAZ CINCO ANOS QUE O BOTA ADOTA O SISTEMA DE INGRESSOS CAROS, O QUE ESTA AFUGENTANDO DIA A DIA OS TORCEDORES.
    NESSE PIQUE DAQUI UNS 5 ANOS, IREMOS COMEMORAR UM PUBLICO DE 1.000 TORCEDORES, POIS OS QUE TEM ESTA DEIXANDO DE TER E NÃO FORMA NOVOS TORCEDORES. TENHO DÓ DO PRESIDENTE DE 2015.
    E A DIVULGAÇÃO DOS JOGOS DO BOTA É MUITO FRIA, APENAS COLOCA-SE NOTICIAS NO SITE, ACHANDO QUE TODA A TORCIDADE POSSUE ESSE MEIO DE COMUNICAÇÃO.
    E A NOSSA IMPRENSA DEIXOU DE EXISTIR FAZ TEMPO, NÃO PODEMOS MAIS DEPENDERMOS DELA PARA MOTIVAR E CHAMAR O TORCEDOR.

    ResponderExcluir