Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

sábado, 10 de abril de 2010

Botafogo traz empate e segue com a vantagem!

Botafogo segura a Ponte Preta em Campinas



O Botafogo conseguiu um bom resultado na cidade de Campinas na tarde deste sábado (10) ao empatar em 0 a 0 com a Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli em partida válida pelo primeiro jogo das semifinais do Troféu do Interior do Campeonato Paulista. O resultado mantém a vantagem do Tricolor em atuar por mais um empate na partida da volta, marcada para o próximo sábado (17), às 18h30, no estádio Santa Cruz.
O goleiro Weverton foi um dos grandes destaques do time panterino ao fazer duas grandes defesas evitando a abertura do placar. “Saímos contentes daqui de Campinas pelo resultado e pelo bom futebol que a nossa equipe apresentou. Em Ribeirão, temos a nossa chance de passar até mesmo com um empate. Agora, é descansar na semana e nos preparar bem para o jogo”, disse o jogador após a partida.
Ponte Preta 0 x 0 Botafogo
Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Cartões amarelos: Otacílio Neto e André Rocha (Ponte Preta); William e Leandro Amaro (Botafogo)
Renda: R$ 8.657,00
Público: 1.835 pagantes
Ponte Preta: Eduardo Martini; Marcos Rocha (Manteiga), Diego, Evaldo e Vicente; André Rocha, Guilherme, Pirão e Renato González; Otacílio Neto (Reis) e Marcelo Soares (Finazzi). Técnico: Carlos Gallo (interino).
Botafogo: Wéverton; Jonas, Cleiton (Freire), Leandro Amaro e Andrezinho; Rodrigo Pontes, Augusto Recife, Bruno e Xuxa; William (André Neles) e Adriano (Washington). Técnico: José Galli Neto.

Rafael Martinez
Assessor de Imprensa


Futebol Interior:

Campinas, SP, 10 (AFI) – Apesar da bela tarde de sol na cidade de Campinas, Ponte Preta e Botafogo fizeram um jogo sonolento e feio de se assistir, neste sábado. No Estádio Moisés Lucarelli, os times ficaram no empate, sem gols, pelo primeiro jogo pela semifinal da disputa do Título do Interior, pelo Campeonato Paulista.

Agora, o Botinha joga por novo empate para chegar à final do Título do Interior, já que fez melhor campanha na primeira fase em relação a Macaca. O jogo de volta acontece no próximo sábado, às 18h30, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.

Deu sono, Macaca!
O primeiro tempo foi fraco tecnicamente e de dar sono aos poucos torcedores presentes ao Majestoso. A Macaca teve maior domínio e também mais chances, porém, os finalizadores erraram o alvo. A primeira grande oportunidade foi aos nove minutos. Marcelo Soares recebeu pelo lado esquerdo, dentro da área, mas tentou encobrir o goleiro Wéverton e mandou nas mãos do goleiro.

A Ponte Preta continuou criando melhores oportunidades e perdeu outra boa chance aos 11. André Rocha recebeu pelo lado esquerdo e chutou por cima do gol. O Botafogo tocava a bola, mas não conseguiu impor o bom futebol e chegar com perigo à meta de Martini. Assim, o time de Campinas perdeu mais uma chance de gol. Aos 26, Vicente cruzou do lado esquerdo e Marcelo Soares desviou de cabeça, mas o goleiro fez a defesa.

A resposta do Botafogo veio com duas chances perigosas. Aos 29, Andrezinho chutou forte da entrada da área e Eduardo Martini fez a defesa no ângulo esquerdo. Quatro minutos depois, Xuxa recebeu livre de marcação, invadiu a área e chutou pelo lado direito do gol de Martini. Foi da Macaca a última boa chance. Aos 44, Vicente arriscou chute de fora da área e a bola passou muito perto do travessão de Wéverton.

Mudou, mas... nada!
Na volta do intervalo, o técnico interino da Macaca, Carlos Gallo, fez duas alterações. O treinador sacou Marcos Rocha e Marcelo Soares para as entradas de Manteiga e Finazzi, respectivamente. Dessa forma, André Rocha foi deslocado ao lado de campo para fazer a lateral-direita. Com as mudanças, a Ponte Preta chegou pela primeira vez aos quatro minutos. Finazzi serviu Manteiga dentro da área, mas o volante chutou muito mal e mandou longe do gol de Wéverton.

Depois disso, o jogo ficou mais violento e o árbitro Luis Flávio de Oliveira teve que mostrar cartões amarelos para conter os ânimos. Com a bola rolando, a Ponte Preta teve uma chance incrível, mas o goleiro botafoguense fez um milagre em Campinas. Aos 21 minutos, Otacílio Neto ficou com a sobra e chutou de primeira, sem deixar a bola bater no gramado. Wéverton se atirou no chão e espalmou pelo lado direito, impedindo o gol da Macaca.

O Botafogo tratou de responder logo em seguida. Xuxa recebeu dentro da área e chutou forte, mas mandou por cima do gol de Martini. Após isso, o jogo voltou a ficar sonolento. A Ponte Preta tentou em cobranças de faltas, mas sem perigo ao gol de Wéverton. A melhor chance foi com Reis, que chutou cruzado para defesa do arqueiro. Por outro lado, ao Botinha faltou paciência para concluir a bola em gol e assim o placar ficou sem gols.

Nenhum comentário:

Postar um comentário