Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Oeste 1x0 Botafogo - Derrota e Fonseca continua no cargo





Oeste 1 x 0 Botafogo - Rubrão consegue reabilitação no PaulistãoCom o resultado, o time de Itápolis subiu para a sexta colocação, somando agora nove pontosItápolis, SP, 02 (AFI) - Sob os olhares do novo técnico, Nenê Belarmino que estava assistindo e depois de perder no última jogo, o Oeste conseguiu sua reabilitação na tarde desta quarta-feira, ao vencer o Botafogo, no Estádio dos Amaros, em Itápolis, por 1 a 0, pela sexta rodada do Campeonato Paulista da Série A1.

Com o resultado, o Oeste que perdeu seu treinador Ademir Fonseca, na segunda-feira, subiu para a sexta colocação, somando agora nove pontos, mas o Rubrão pode cair na tabela ao término da rodada. Já o Botafogo segue na zona de rebaixamento, na 18ª, com quatro pontos, podendo também perder posição.

Rubrão na frente
Querendo se recuperar da derrota da última rodada, o Oeste começou melhor a partida e logo no primeiro minuto, quase abriu o placar. Fábio Santos recebeu a bola sozinho na área pela direita e bateu forte, mas a bola passou perto do gol do goleiro Júlio César do Botafogo.

Apesar do bom início, o jogo caiu de produção e só aos 20 minutos teve outra grande chance, que culminou no gol do Oeste. Roger recebeu lançamento na área do Botafogo e chutou no ângulo esquerdo de Júlio César, sem chances para o goleiro, que ainda tentou fazer a defesa.

Depois do gol sofrido, o Botafogo cresceu na partida e quase conseguiu empatar o jogo, aos 22 minutos. Após cobrança de falta cruzada, o zagueiro Gabriel subiu sozinho e cabeceou forte, a bola explodiu no travessão e no rebote a zaga do Oeste afastou o perigo.

O Botafogo seguia no campo de ataque, querendo o gol de empate e quase marcou na última oportunidade do primeiro tempo, aos 36 minutos. Após escanteio, o zagueiro Gabriel novamente subiu mais que a zaga e cabeceou firme, mas a bola passou à esquerda do goleiro do Oeste Gabriel Leite.

Equilibrado
O segundo tempo começou brigado, com poucas oportunidades, sendo então a primeira chance só, aos 18 minutos, para o Botafogo. Roger recebeu ótimo lançamento na área e bateu forte, mas o goleiro Gabriel Leite fez grande defesa, espalmando para escanteio. Após a cobrança, Augusto dominou sozinho, só que acabou isolando.

O Oeste não querendo ser sufocado, partiu para cima e teve uma grande oportunidade, aos 21 minutos. Mazinho recebeu na grande área e bateu de perna esquerda, obrigando goleiro Júlio César pular e fazer ótima defesa.

O Botafogo era melhor na segunda etapa e por isso chegou bem, aos 26 minutos. Andrezinho cruzou pela esquerda, e Gabriel cabeceia com força na área, mas o arqueiro do Oeste evitou o gol de empate com um milagre.

No último lance do jogo, o Oeste quase conseguiu marcar o segundo gol. Dionísio chutou forte de fora da área, o goleiro Júlio César fez a defesa, no rebote o atacante Reinaldo pegou e bateu, mas a bola explodiu no travessão.

Próximos jogos
Ambos voltam a campo no próximo final de semana, pela sétima rodada. O Oeste vai até jogar fora de casa contra o Americana, às 19h30, no Estádio Décio Vitta, no sábado. Já Botafogo vai receber o São Paulo, em Ribeirão Preto, no Estádio Santa Cruz, no domingo, às 19h30.

FICHA TÉCNICA

Oeste 1 x 0 Botafogo

Local: Estádio dos Amaros, em Itápolis-SP
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: Daniel Luis Marques e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Público: 1.167 pagantes
Renda: R$ 11.715,00
Cartões amarelos: Cris, Fábio Santos, Roger (Oeste); Fernando Guilherme, Gabriel, Leandro Carvalho, Pablo Escobar e Paulinho (Botafogo).
Gol: Roger, aos 20’/1T (Oeste);

Oeste
Gabriel Leite; Dedê, Cris, Paulo Miranda e Fernandinho; Márcio Passos, Dionísio, Anselmo Ramon (Mazinho) e Roger (Alex Willian); Fábio Santos (Reinaldo) e Adriano Alves.
Técnico: Alex Freitas (interino).

Botafogo
Júlio César; Eduardo Ratinho (Dida), Augusto, Gabriel e Andrezinho; Fernando Guilherme (Moacir), Leandro Carvalho, Paulinho e Ramon; Anselmo e Pablo Escobar (Roger).
Técnico: Roberto Fonseca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário