Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

quinta-feira, 10 de março de 2011

Botafogo empata com São Caetano



Botafogo empata com o São Caetano

O Botafogo buscava a reação no Campeonato Paulista, mas o esforço da equipe no segundo tempo não resultou em vitória para o Tricolor. Após sair perdendo na primeira etapa por 1 a 0, o time conseguiu o empate no segundo tempo com gol de Assisinho e teve boas chances de virar a partida, mas o goleiro Luiz impediu com boas defesas, principalmente no chute de João Victor, cara a cara com o gol.

O resultado mantém o Botafogo na briga para escapar da zona do rebaixamento, agora com 11 pontos ganhos em 12 jogos. “Temos que destacar o espírito guerreiro da equipe no segundo tempo. Sábado temos um jogo difícil contra o Santos e temos que nos focar agora nesse jogo tão importante”, comentou o técnico Argel após o jogo, em coletiva. Leandro Carvalho e Paulinho receberam o terceiro cartão amarelo e não enfrentam o Peixe, na Vila Belmiro, às 18h30.


O jogo


O Botafogo não conseguiu atacar com propriedade no primeiro tempo e viu Antonio Flavio, aos 21 minutos abrir o marcador para o São Caetano, além de outras chances do Azulão que não se resultaram em gol devido às boas defesas de Julio César. O técnico Argel, estreante no comando botafoguense, mexeu na equipe logo aos 30 minutos ao sacar Eduardo Ratinho e colocar Dida na ala direita.


Na volta do intervalo, Assis e Assisinho também entraram nas vagas de Paulinho e Escobar. As mudanças deram resultado. O empate saiu dos pés de Assis que recebeu passe Gabriel, driblou o zagueiro e chutou forte. Luiz deu rebote e Assisinho aproveitou para empatar o jogo. O Botafogo pressionou o São Caetano e teve chances de virar, mas Luiz salvou o Azulão.


Botafogo 1 x 1 São Caetano
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Luis Alexandre Nilsen e Marcio Jacob
Público: 1.205 pagantes
Renda: R$ 13.952,00
Cartões amarelos: Augusto Recife, Bruno Recife e Ricardo Conceição (São Caetano); Dirceu, Gabriel, João Vitor, Leandro Carvalho e Paulinho (Botafogo).
Gols: Antônio Flávio, aos 21/1T (São Caetano); Assisinho, aos 16/2T (Botafogo);
Botafogo: Julio Cesar; Eduardo Ratinho (Dida), Dirceu, Gabriel e Andrezinho; Leandro Carvalho, João Vitor, Paulinho (Assis) e João Henrique; Anselmo e Pablo Escobar (Assisinho). Técnico: Argel Fucks
São Caetano: Luiz; Artur (Paulo Cesar), Jean Rolt, Anderson Marques e Bruno Recife; Augusto Recife (Kleber), Ricardo Conceição, Souza e Aílton; Eduardo e Antônio Flávio (Luciano Mandi). Técnico: Ademir Fonseca

Rafael Martinez
Assessor de Imprensa

8 comentários:

  1. Que time lixo, que goleiro fraco... Meu Deus!

    ResponderExcluir
  2. cê tá falando do São Caetano né, gênio da lâmpada???
    O nosso time é um lixo, mas o goleiro é um dos poucos que se salva, com louvor.

    ResponderExcluir
  3. SERIE D JÁ ERA. O FOCO AGORA É SALVAR DO REBAIXAMENTO. QUE TODOS TENHAMOS ESSA CONSCIENCIA. FUI.

    ResponderExcluir
  4. PQP!!! Tem q colocar uma caçamba de lixo em frente o Santa Cruz e jogar todos os jogadores e o Festucci q montou esse time horrível. Infelizmente sofreremos na luta contra o rebaixamento.

    ResponderExcluir
  5. O goleiro tem que ser mudado, não dá!

    ResponderExcluir
  6. coloca os garotos da base pra jogar, porque pelo menos vamos ter chances reais de sair dessa. com este time ai. infelismente é rebaixamento na certa

    ResponderExcluir
  7. nosso time:
    goleiro: bom
    zaga: não tem, fraca, mais ou menos o gabriel.
    laterais: fracos
    volantes: fracos, mais ou menos o pontes
    meias: péssimos
    atacantes: péssimos, mais ou menos o assisinho.
    temos chance de não cairmos, mas tera que ser na garra, porque no futebol não dá.

    ResponderExcluir
  8. o goleiro não dá! esse time inteiro não da´!

    ResponderExcluir