Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

CAMPEONATO PAULISTA - RODADA 2 - Ranking de Público e de Rendas - Classificação







A matemática dos 6 rebaixados no Paulistão 2016

Em 05/02/2016 fiz essa postagem fazendo uma projeção em relação ao rebaixamento de 6 equipes e a pontuação necessária para escapar.
Levei em conta 11 campeonatos anteriores e a projeção de aproveitamento se confirmou em 2016:

"Concluo assim que em relação a rebaixamento de 6 equipes o 14º colocado, que é o primeiro a escapar do rebaixamento, deva fazer 18 pontos com segurança (40% de aproveitamento) e com grandes chances de escapar do rebaixamento, mas eu diria de 80%, fazer 17 pontos (37,77% aproveitamento)."

Para 2017 estão previsto o rebaixamento de 2 clubes de 16 participantes, caso sejam 15 jogos (todos contra todos) o rebaixamento deve ter números iguais entre 17 pontos 37,77 % e 18 pontos 40% para ficar em 14º e escapar do rebaixamento. Caso sejam 4 grupos de 4 clubes jogando apenas contra os outros grupos seriam 12 jogos e a projeção seria entre 13,6 pontos (37,77%) e  14,4 pontos (40%) para escapar.

Vamos aguardar o próximo campeonato, mas fiquei feliz com o acerto das projeções matemáticas que realizei e compartilhei com vocês.


A matemática dos 6 rebaixados no Paulistão 2016

Nesse ano de 2016 a Federação Paulista de Futebol vai rebaixar 6 clubes no Campeoanto Paulista da Série A1 e ascender apenas 2 da A2 2016 para o Campeonato Paulista da Série A1 de 2017 resultando um estadual para 16 clubes na A1 de 2017.

Dessa forma dos 20 clubes, caindo 6 equipes, representa o rebaixamento de 30% dos clubes. Se tirarmos os clubes grandes são 6 vagas para 16 clubes representando 37,5% dos clubes rebaixados.

Ponte Preta, Botafogo, Red Bull, XV de Piracicaba, Capivariano, Mogi Mirim, São Bernardo, Ituano, Rio Claro, Linense, São Bento, Audax, Ferroviária, Novorizontino, Oeste  e Água Santa brigam para não cair....

Analisando os anos de 2014 e 2015 onde foram realizados 15 jogos entre os clubes, tivemos 4 rebaixados na classificação geral, mas podemos analisar que uma margem segura para escapar do rebaixamento com queda de 6 equipes, o ideal é de 40% de aproveitamento dos pontos, o que representa 18 pontos (6V ou 5V e 3E). Em 2015 o Capivariano teria escapado com 16 pelo saldo de gols, mas em 2014 o Mogi com 17 teria sido rebaixado e o XV caso tivesse feito 18 teria escapado.

De 2005 a 2013 foram realizados 19 jogos entre os 20 clubes, o famoso todos contra todos em turno único, dessa forma os clubes realizaram 4 jogos a mais que em 2014 e 2015, mas fazendo a proporção de pontuação dos 14º colocados, temos 4 campeonatos onde os 14º tiveram 16 pontos (35,10% aproveitamento), 1 teria 16,5 pontos (36,80% de aproveitamento), 3 com 17 pontos (38,60% de aproveitamento) e apenas em 2006 o 14º teve 19 pontos proporcionais (42,11% aproveitamento) mas teria sido suficiente para escapar com 17 pontos (38,60% de aproveitamento).
      
PTS ANO %
15,80 2013 35,10
15,80 2012 35,10
16,56 2011 36,80
17,37 2010 38,60
15,80 2009 35,10
17,37 2008 38,60
15,80 2007 35,10
18,95 2006 42,11
17,37 2005 38,60




Concluo assim que em relação a rebaixamento de 6 equipes o 14º colocado, que é o primeiro a escapar do rebaixamento, deva fazer 18 pontos com segurança (40% de aproveitamento) e com grandes chances de escapar do rebaixamento, mas eu diria de 80%, fazer 17 pontos (37,77% aproveitamento). 

Claro que cada campeonato é um campeonato diferente, em alguns existe a polarização dos grandes vencendo a maioria de suas partidas o que diminui a pontuação dos pequenos, mas também muitos empates podem fazer com que a pontuação seja mais baixa ainda. 

Mas fica aqui minha projeção para os visitantes do blog.