Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

quarta-feira, 23 de março de 2016

CBF divulga o regulamento da Série C 2016

Na quarta-feira 23/03 a CBF divulgou o regulamento do Campeonato Brasileiro Série C 2016 (Download do Regulamento), após já ter divulgado no dia 11/03 a tabela básica (Tabela do Campeonato Brasileiro Serie C 2016).

Apesar das solicitações dos clubes do Norte/Nordeste para alteração na 2ª fase em relação aos mata matas decisivos do acesso, a CBF manteve o cruzamento dos Grupos A e B de acordo com o que foi decidido no conselho técnico e o regulamento dos anos anteriores.

Algumas observações importantes do regulamento:

DA CONDIÇÃO DE JOGO DOS ATLETAS

Art. 5º Parágrafo único - Contratos de novos atletas para utilização no Campeonato poderão ser registrados até o dia 29/09/2016.

Art. 7º - Um atleta poderá ser transferido de um clube para outro durante o Campeonato, desde que tenha atuado em um número máximo de 03 (três) partidas pelo clube de origem, sendo permitido que cada atleta mude de clube apenas uma vez. Parágrafo único - Cada clube poderá receber até cinco atletas transferidos de outros clubes do Campeonato da Série C; de um mesmo clube da Série C, somente poderá receber até três atletas.

DOS GRUPOS

DO SISTEMA DE DISPUTA

Art. 8º - O Campeonato será disputado em 04 (quatro) fases: na primeira fase os clubes formarão 02 (dois) grupos de 10 (dez) clubes cada, de onde classificar-se-ão 04 (quatro) por grupo para a fase seguinte; daí em diante os clubes enfrentar-se-ão no sistema eliminatório (“mata-mata”) até ser conhecido o campeão.

Art. 9º - Na primeira fase os 20 (vinte) clubes constituirão os grupos A e B com 10 (dez) clubes cada, conforme o Anexo B – Composição dos Grupos da Primeira Fase, classificandose para a fase seguinte os 04 (quatro) primeiros colocados em cada grupo; dentro de cada grupo todos os clubes jogarão entre si, em turno e returno.

Art. 10 - Na segunda fase os 08 (oito) clubes classificados da primeira fase constituirão os grupos C, D, E e F, conforme composição abaixo; os jogos serão realizados no sistema eliminatório, em ida e volta, cujos vencedores classificar-se-ão para a fase seguinte;
 Art. 11 – Na terceira fase (Semifinal) os 04 (quatro) clubes classificados da segunda fase constituirão os grupos G e H, conforme composição abaixo; os jogos serão realizados no sistema eliminatório em ida e volta cujos vencedores classificar-se-ão para a fase seguinte.
Art. 12 – Na quarta fase (Final) os 02 (dois) clubes classificados da terceira fase constituirão o Grupo I, conforme composição abaixo; os jogos serão realizados no sistema eliminatório em ida e volta, pela decisão do título do Campeonato Brasileiro da Série C de 2016.

DO SISTEMA DE DISPUTA

Art. 13 - Em caso de empate em pontos ganhos entre 02 (dois) ou mais clubes ao final da primeira fase, em cada grupo, o desempate, para efeito de classificação será efetuado observando-se os critérios abaixo: 
1º) maior número de vitórias; 
2º) maior saldo de gols; 
3º) maior número de gols pró; 
4º) confronto direto; 
5º) menor número de cartões vermelhos recebidos; 
6º) menor número de cartões amarelos recebidos; 
7º) sorteio.

Art. 14 – Em caso de empate em pontos ganhos ao final da segunda, terceira e quarta fase o desempate será efetuado observando-se os critérios abaixo, aplicados à fase: 
1º) maior saldo de gols; 
2º) maior número de gols assinalados no campo do adversário; 
3º) cobrança de pênaltis, de acordo com os critérios adotados pela International Board.
§ 1º - A disputa de pênaltis, quando aplicável, deverá ser iniciada em até 10 (dez) minutos após o encerramento da partida de volta.

DEFINIÇÃO DE MANDOS NO MATA MATA

Art. 15 – Para a segunda fase os 02 (dois) clubes melhores colocados em cada grupo na primeira fase farão a segunda partida como mandantes;
Na terceira e quarta fases os mandos de campo dos jogos de volta pertencerão aos clubes que obtiverem sucessivamente:
a) maior número de pontos ganhos em toda a competição (soma das fases);
b) maior saldo de gols em toda a competição (soma das fases).

Parágrafo único – Caso os 02 (dois) clubes tenham empatado em ambos os critérios, os mandos de campo serão determinados através de sorteio público, a ser realizado pela DCO, para cada fase, não sendo permitido acordo entre clubes para a não realização do sorteio.

ACESSO E REBAIXAMENTO

Art. 17 - Os 04 (quatro) clubes classificados para a terceira fase ascenderão para a Série B em 2017 e os 02 (dois) últimos colocados de cada um dos grupos A e B, ao final da primeira fase, sofrerão decesso para a Série D em 2017.

DISPOSIÇÕES FINANCEIRAS

Art. 20 – O preço mínimo do ingresso será de R$ 10,00 (dez reais), com meia-entrada a R$ 5,00 (cinco reais).

Art. 21 – Os clubes farão jus aos seguintes benefícios de ordem financeira:

a) passagens aéreas para as delegações dos clubes, limitadas a 27 (vinte e sete) pessoas por delegação, para distâncias acima de 700km;

b) passagens rodoviárias ou aluguel de ônibus para as delegações dos clubes, para distâncias de até 700km, inclusive;

c) cobertura das despesas de hospedagem e alimentação.

Art. 22 - Os pagamentos referentes às despesas com arbitragem e exame antidoping serão reembolsados pela CBF, mediante a apresentação da documentação comprobatória.


Nenhum comentário:

Postar um comentário