Acesse e Curta a Fan Page

CURTA A FAN PAGE O PANTERA TRICOLOR NO FACEBOOK

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

COPA SÃO PAULO FUTEBOL JUNIOR 2018


      Tabela Completa da Copa São Paulo Júnior 2018

SEGUNDA FASE 11/01/2018 - QUINTA-FEIRA / 12/01/2018 - SEXTA-FEIRA (64 equipes)
TERCEIRA FASE 13/01/2018 - SÁBADO / 14/01/2018 - DOMINGO  (32 equipes)
QUARTA FASE 15/01/2018 - SEGUNDA-FEIRA / 16/01/2018 - TERÇA-FEIRA (16 equipes)
QUINTA FASE 18/01/2018 - QUINTA-FEIRA / 19/01/2018 - SEXTA-FEIRA (8 equipes)
SEXTA FASE (SEMIFINAL) 22/01/2018 - SEGUNDA-FEIRA (4 equipes)
SÉTIMA FASE (FINAL) 25/01/2018 - QUINTA-FEIRA (2 equipes)

sábado, 23 de setembro de 2017

Rumo à Série B! O desafio dos caçulas da Série C 2017.

Por Lukaz Vini

A Série D começou a ser disputada em 2009 e em 9 edições 36 clubes diferentes conquistaram o acesso, com 5 clubes subindo na edição de 2011 e o Tupi-MG subindo em 2011 e 2013.

Em 2017 Volta Redonda-RJ, CSA-AL, São Bento-SP lutam pelo acesso (o Moto Club-MA, subiu em 2016 mas já caiu esse ano).  As três equipes tentarão repetir o feito de apenas 5 clubes que logo após acesso da Série D para a Série C já conquistaram o acesso seguido para a Série B.

O Joinville-SC foi o primeiro a realizar o feito com a sequência acesso na D em 2010 e acesso na C em 2011, o clube ainda conseguiu acesso para a Série A em 2014, e na edição de 2016 o clube caiu da Série B e em 2017 não se classificou para a segunda fase.

O Oeste-SP veio logo em seguida, acesso na D em 2011 e acesso na C em 2012. O clube disputa a Série B desde 2013.

O maranhense Sampaio Corrêa em 2012 conseguiu o acesso na D e em 2013 subiu para a Série B, a qual disputou de 2014 até 2016 quando caiu, em 2017 busca o acesso novamente.
       
A dupla Brasil de Pelotas-RS e Londrina-PR conquistaram a sequência juntos, ambos subiram na D em 2014 e em 2015 conquistaram o acesso para a B.

Com um intervalo maior outros 5 clubes saíram da D e chegaram na B:

A Chapecoense-SC subiu na primeira edição da D em 2009 e após 3 anos de Série C, em 2012 subiu para a B e logo em seguida da B para a A em 2013, disputando por 4 anos seguidos a Série A.

O Macaé-RJ também conquistou o acesso em 2009 e 5 anos depois, em 2014 subiu para a B, sendo rebaixado em 2015 para a série C novamente, em 2017 caiu para a Série D.

O Santa Cruz-PE após subir da D em 2011 ficou 2 anos na C para conquistar o acesso para a B em 2013, mais dois anos de Série B e em 2015 o time pernambucano chegou a Série A, em 2016 caiu para a Série B onde está em 2017.

O Mogi Mirim-SP que conquistou acesso em 2012 da D para a C, disputou a C por 2 anos e subiu para a B em 2014, e já em 2015 o clube foi rebaixado para a Série C, em 2017 caiu para a Série D.

O Tupi-MG fecha a lista tendo conquistado o seu segundo acesso da D para a C em 2013, ficando 2 anos na C e já em 2015 subiu para a Série B que disputou até 2016 quando caiu, em 2017 disputa o acesso da C para a B novamente.


Acessos da Série D - (Série do Campeonato que disputa em 2017)

2009
Alecrim
Chapecoense (A)
Macaé (C, caiu para a Série D em 2017)
São Raimundo-PA

2010
Araguaína
Guarany de Sobral
Joinville (C)
Madureira

2011
Tupi (C)
Cuiabá (C)
Oeste (B)
Santa Cruz (B)
Treze

2012
Baraúnas
CRAC
Mogi Mirim (C, caiu para a Série D em 2017)
Sampaio Corrêa (C)

2013
Botafogo-PB (C)
Juventude (B)
Salgueiro (C)
Tupi (C)

2014
Brasil de Pelotas (B)
Confiança (C)
Londrina (B)
Tombense (C)

2015
Botafogo-SP (C)
Remo (C)
River-PI (D)
Ypiranga de Erechim (C)

2016
Volta Redonda-RJ (C)
CSA-AL (C)
São Bento-SP (C)

Moto Club (C, rebaixado para a D em 2017)

2017
Operário-PR (C 2018)
Globo-RN (C 2018)
Atlético-AC (C 2018)
Juazeirense-BA (C 2018)